‘Nossos magistrados ultrapassaram seu limite’, diz Mourão sobre voto auditável

Por Ezequiel Carneiro, Terça Livre

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) criticou os membros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nessa quarta-feira (4) por se manifestarem contra a mudança do sistema eleitoral. Mourão também defendeu o voto impresso auditável em palestra promovida pelo grupo Personalidades em Foco

“Nossos magistrados ultrapassaram seu limite ao emitirem opinião sobre algo que não lhes diz respeito. O que diz respeito ao magistrado é fazer com que a eleição ocorra dentro das regras estabelecidas pelo Legislativo”, afirmou.

Mourão disse ainda que membros do TSE e do STF anteciparam posições sobre o assunto.

“Se o Legislativo estabelecer que a regra eleitoral diz que o eleitor terá que plantar uma bananeira na hora de digitar o voto, compete à Justiça Eleitoral assegurar que isso ocorra, e não o magistrado interferir neste processo”, ironizou.

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) disse no Boletim da Noite dessa quarta-feira (4) que nenhum dos tribunais superiores deveria fazer ativismo.

“Deveria simplesmente cuidar da Constituição, dos aspectos constitucionais da nossa legislação. Não tentando influenciar, tentando fazer uma verdadeira força-tarefa contra determinados projetos, como é o voto impresso”, afirmou.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 
Matérias Relacionadas