Na China, ar já é vendido em sacos plásticos

Ar puro tornou-se um bem raro na China, e os moradores da província meridional chinesa de Guangdong o estão capitalizando.

Com slogans como “Quem compra ar compra saúde”, “Ar sem qualquer poluição industrial”, “Ar com a maior quantidade de ânions em Guangdong,” e “Ar a partir de 1.400 metros acima do nível do mar”, os moradores de Lianshan Zhang e do condado autônomo de Yao estão vendendo ar puro, embalados em sacos plásticos, para turistas que visitam a montanha Jinzi, conforme informou o portal Sina de notícias chinesas, em 20 de março.  Um saco grande de ar é vendido a 30 yuans (cerca de R$ 12,00), e um pequeno saco, 10 yuans (cerca de R$ 4,00).

Enquanto alguns turistas simplesmente posaram para fotos com os sacos, se contentando simplesmente em desfrutar o ar limpo disponível gratuitamente, outros pechincharam com os vendedores e levaram alguns sacos de casa.

Zhi Chenglin, uma moradora da montanha Jinzi, foi o primeiro a ter a idéia de vender ar em sacos plásticos. Zhi disse ao Sina que ele se cansou de inalar fumaça e, depois de trabalhar para uma empresa de entrega em Guangzhou por três anos,  decidiu começar um trabalho depois de ter voltado para casa. Ele espera que seu negócio lembre as pessoas que vivem nas cidades sobre a valorização de um ambiente limpo.

Usuários de internet no microblogging popular da China, Sina Weibo, expressaram seu espanto em ambos tanto com relação aos vendedores quanto aos consumidores do produto. Um internauta usando o apelido de “I Very GYD” de Chongqing escreveu: “Mesmo que fosse ar puro de verdade, como alguém poderia abrir o saco no local e perceber que ele é diferente do ar do ambiente?

Leia também:
O bom, o ruim, e o pior cenário para a economia chinesa
Seis programas de espionagem chinesa muito piores que o Big Brother
Regime chinês se prepara para barrar navegação no Mar do Sul da China

“É mais do que apenas um negócio fantasia, pois há uma demanda real na sociedade. Imagine se, em alguns anos, a China começasse a importar um novo produto; qual será o volume de ar uma Garrafa de Nu’er Hong “de Shandong importado e seu valor comercial? “perguntou”.

Outro internauta de apelido “ykhyk” escreveu: “As pessoas no Canadá e Havaí também vendem ar limpo. Só que não em sacos de plástico cancerígenas, mas em recipientes feitos especialmente para isso. ”

Guangdong é o lar de mais de 60.000 fábricas, de acordo com o Places Journal, uma publicação baseada em San Francisco sobre urbanismo e arquitetura. Desta forma, moradores de áreas industriais mais poluídas de Guangdong costumam visitar as montanhas arborizadas na província para tomar ar fresco.

A poluição é um grave problema de saúde na China. Em 2013, uma menina de 8 anos de idade, moradora da província de Jiangsu, foi diagnosticada com câncer de pulmão, tornando-se uma das chinesas mais jovens a sofrerem da doença; médicos atribuíram sua doença à inalação a longo prazo da poluição atmosférica.

 
Matérias Relacionadas