Mudança climática em ‘tempo real’: O gelo do Mar de Beaufort se quebra

Enquanto o gelo do Mar de Beaufort se fratura extensivamente, o PhD em climatologia e professor Paulo Beckwith diz que “esta é uma abrupta mudança climática em tempo real.”

As imagens de satélite do Mar de Beaufort, capturadas pela Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) dos EUA, mostram que uma série de tempestades na costa norte do Alasca até o extremo norte do Canadá têm acelerado a fragmentação do gelo que cobre o Mar de Beaufort.

“Um evento sem precedentes na história humana está ocorrendo hoje neste exato momento no Oceano Ártico”, escreve Paul Beckwith, estudante de doutorado do laboratório de paleoclimatologia e climatologia da Universidade de Ottawa, numa postagem de blog em 30 de março. Beckwith é também professor de climatologia e meteorologia, cujo tema de tese é “A abrupta mudança climática no passado e no presente”.

Walt Meier, do ‘Centro Nacional de Dados sobre a Neve e o Gelo’ (NSIDC), é citado num artigo de 1º de abril da ‘Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço’ (NASA): “Um evento de fratura nesta área não é incomum […] o Ponto de Barrow pode agir como um ‘indicador’ de onde o gelo se reúne e fratura no Norte e no Leste.”

Mas, observa a NASA: “Embora os eventos de fratura sejam comuns, poucos eventos se estendem por uma área tão grande ou produzem rachaduras tão longas e amplas como vistas aqui.”

Beckwith declara: “Para registro, não acho que qualquer gelo no mar sobreviverá este verão.”

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas