Montanha amarela: uma escultura da natureza

Huangshan: Montanha Amarela, Província de Anhui, China, janeiro de 2002
Huangshan: Montanha Amarela, Província de Anhui, China, janeiro de 2002 (Miaow Miaow/Wikimedia Commons)

A Montanha Amarela localiza-se na província oriental de Anhui e, assim como a Grande Muralha e os famosos Guerreiros de Terracota, é considerada uma das expressões naturais mais enigmáticas e representativas da China.

São quase 80 picos com mais de 1000 metros de altura; na realidade a Montanha Amarela é uma cadeia de montanhas e vales. Na China, ela se destaca como sendo: “a Montanha número um abaixo do Céu”.  Também é admirada por seus pinheiros de aparência singular, por suas grandes pedras que formam piscinas naturais, por suas quedas d’águas e nuvens que parecem algodão.  O ambiente onírico da montanha, certamente invoca as imagens da mais tradicional arte chinesa.

Em cada um de seus picos há rochas com as mais estranhas formas e todas esculpidas pela natureza. Pode-se dizer que é um museu de esculturas ao ar livre.

Desde o século VII até o final do século XIX, produziram-se centenas de estórias e mais de 20.000 poemas em louvor à Montanha Amarela.  As pinturas dedicadas a ela são também um importante legado da arte tradicional chinesa.

 
Matérias Relacionadas