Militantes de esquerda ameaçam nova facada em Bolsonaro

Por Ricardo Roveran, Terça Livre

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, defendeu prisão preventiva para militantes de esquerda que pregam dar nova facada no chefe do Poder Executivo no Brasil, Jair Bolsonaro.

Em postagem feita no perfil oficial dele no Twitter, Camargo afirmou que estas ameaças incitam outros esquerdistas a cometerem um novo atentado contra a vida de Bolsonaro.

Em 6 setembro de 2018, durante a campanha em Juiz de Fora, o militante de esquerda, Adélio Bispo, que foi filiado ao Psol por algum tempo, deu uma facada no abdômen do então candidato. O atentado contra a democracia por pouco não ceifou a vida do hoje presidente da República.

Defendo prisão preventiva para essas pessoas. Fazem ameaças e incitam outros esquerdistas a cometer(sic) novo atentado contra a vida do Presidente.“, tuitou Camargo.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas