Mercedes coloca 5.600 trabalhadores brasileiros em férias por falta de chips

Mais de cinco mil trabalhadores entrarão em férias coletivas devido à escassez de chips semicondutores

Por Reuters 

SÃO PAULO – A Mercedes-Benz vai colocar mais de cinco mil trabalhadores em férias coletivas em duas fábricas no Brasil devido à escassez de chips semicondutores, segundo informações da empresa.

A paralisação da produção acontecerá de 18 de abril a 3 de maio e inclui 5.000 funcionários na fábrica de São Bernardo do Campo e 600 na fábrica de Juiz de Fora, localizadas nos estados de São Paulo e Minas Gerais, respectivamente.

A Mercedes disse que está ajustando sua produção de caminhões, cabines de caminhões, chassis de ônibus e outras autopeças devido à crise na rede global de fornecimento de semicondutores.

A empresa já havia colocado cerca de 1.200 trabalhadores em férias coletivas remuneradas em março por causa da escassez na rede de fornecimento, segundo o sindicato dos metalúrgicos da região de São Bernardo do Campo.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas