Menino de 7 anos na Flórida nada por uma hora para pedir ajuda aos seus parentes presos em rio

Por Agência EFE

Um menino de 7 anos na Flórida é saudado como herói. O menor nadou até a margem de um rio para buscar ajuda depois que sua irmã e seu pai foram arrastados pela corrente.

Steven Poust disse à afiliada da CNN WJXT que atracou seu barco no rio St. Johns em Jacksonville , Flórida, para que seus dois filhos, Chase, 7, e Abigail, 4, nadassem na sexta-feira.

De repente, Abigail, que costuma ficar na parte de trás do barco, teve que se soltar porque a corrente era muito forte, disse Chase.

O menino de 7 anos decidiu se soltar também para tentar impedir a menina da deriva, mas ficou preso.

Poust saltou para tentar ajudá-los e disse a Chase para nadar até a costa enquanto tentava alcançar sua filha, que estava usando um colete salva-vidas.

“Eu disse a eles que os amava porque não tinha certeza do que iria acontecer”, disse Poust. “Eu tentei ficar com os dois. Eu cansei e ela se afastou de mim ”.

Chase levou uma hora para chegar à costa. Ele disse a WJXT que flutuava de costas e remava como um cachorrinho para não ficar exausto. Quando ele chegou a terra, ele correu para a casa mais próxima para pedir ajuda.

Enquanto isso, seu pai e sua irmã se afastaram cerca de três quilômetros do local original do barco, de acordo com o Departamento de Bombeiros e Resgate de Jacksonville (JFRD).

Eles não foram encontrados quando o JFRD chegou ao navio, mas depois de ligar para outras agências para ampliar a busca, fomos capazes de encontrá-los, disse o porta-voz Eric Prosswimmer em entrevista coletiva.

Se não fosse pela ajuda de seus colegas, o resultado poderia ter sido diferente, disse Prosswimmer.

“Tínhamos todos os recursos disponíveis rapidamente e temos o prazer de dizer que todos os três se recuperaram e estão bem”, disse ele. “Não podíamos pedir um resultado melhor.”

The-CNN-Wire

Entre para nosso canal do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas