Menina de oito anos sugere possível cura para o câncer

Os pais de Camilla, que dedicaram suas vidas ao estudo do câncer, perguntaram, por curiosidade, para sua filha de oito anos como curar a doença. A menina pensou por um momento e respondeu que com antibióticos, “assim como se cura dor de garganta”.

No início, os cientistas não prestaram muita atenção à proposta de Camilla, mas aplicar a sugestão da menina no laboratório da Universidade de Manchester, ficaram maravilhados. Alguns antibióticos baratos e amplamente disponíveis tinham destruído as células malignas.

Leia também:
A música que cura
O perigo dos remédios contra o colesterol
Terapia inalatória contra o câncer é surpreendente

A pesquisa revelou que quatro antibióticos comuns que custam menos do que U$ 0,09 centavos por dia, mataram as células-mãe em amostras de câncer da mama, próstata, pulmão, ovário, pâncreas, pele e cérebro.

Embora promissora, a investigação até agora é limitada por resultados laboratoriais e deve ser testada em humanos, especialmente em combinação com outros tratamentos.

 
Matérias Relacionadas