Memorial JK mantém viva a trajetória do fundador de Brasília

Para conhecer a história da construção de Brasília, nada melhor do que conhecer a fundo a trajetória de seu criador. O Memorial JK, um dos museus mais importantes da cidade, revela de forma cronológica a vida de Juscelino Kubitschek de Oliveira desde seu nascimento na cidade de Diamantina, em Minas Gerais, até sua morte em um trágico acidente de carro na Via Dutra.

No piso térreo o visitante vê imagens e objetos que permearam a vida do político, entre eles o estetoscópio e uma maleta utilizados por JK quando começou a estudar medicina. Seguindo adiante, é possível ver a reprodução da sala de reuniões e da biblioteca particular de Juscelino com mobiliário e acervo originais, entre eles mais de dois mil títulos de obras como a coleção completa do escritor português Luiz de Camões.

No segundo pavimento, é possível ver acesso a conteúdos multimídia que mostram trechos importantes da atuação do político além de condecorações e a câmara mortuária com seus restos mortais, projetada pelo artista plástico Athos Bulcão.

 
Matérias Relacionadas