MÉDICO SOBREVIVENTE DE GENOCÍDIO COMUNISTA NO CAMBOJA EXPÕE ATROCIDADES – PARTE 2

Por Jornal NTD

Na terça-feira você conheceu a história de Nal Oum, um sobrevivente do genocídio comunista no Camboja. Em 1975, o Khmer Vermelho, uma das mais cruéis facções comunistas da história do planeta conquistou o país no sudeste da Ásia.

Eles assassinaram uma em cada 4 pessoas no país, e evacuaram as cidades para obrigar seus moradores a trabalharem como escravos em plantações de arroz. Foi um período em que qualquer um com um diploma do ensino médio era um alvo do extermínio.

Você assiste agora, com exclusividade na NTD, mais de sua entrevista, e o relato de sua fuga a pé de 22 dias para escapar dos campos de morte do partido comunista.

Assista também:

 
Matérias Relacionadas