Maior empresa de petróleo da China dilui seu combustível

A China Central de Televisão (CCTV) investigou recentemente especulações de que a Corporação Nacional de Petróleo da China (CNPC) estava colocando água no combustível diesel e descobriu que havia 40 vezes mais água na mistura do que o padrão aceitável.

Gao Zhanjun, um residente da cidade de Shangzhi, província de Heilongjiang, disse que seu caminhão quebrou duas vezes após encher o tanque com combustível de graduação zero, num posto da CNPC no município de Weihe em outubro passado. Gao dirigiu 130 km antes de seu caminhão quebrar pela primeira vez. Um mecânico substituiu os injetores de combustível.

Depois de dirigir mais 100 km, ele quebrou pela segunda vez. Um mecânico substituiu os novos injetores de combustível, mas o caminhão continuou a funcionar mal. Então, o mecânico percebeu que havia água no combustível, Gao já havia gastado cerca de 26 mil yuanes (US$ 4.300) em combustível e reparos. Aproximadamente 4,5 litros de água foram extraídos do combustível.

O Escritório do Comércio e Indústria da Cidade de Shangzhi (ECICS) concordou em ajudar Gao a provar o seu caso, mas o posto lhe disse que já não havia mais combustível zero para testar. A equipe testou então o combustível número 20.

Enquanto aguardava o resultado do teste, Gao visitou o ramo de Shangzhi da CNPC buscando reembolso. Depois de falar com quatro funcionários diferentes, cada um oferecendo uma quantia diferente de dinheiro, a maior oferta foi de apenas 8 mil yuanes (US$ 1.322), o que Gao se recusou a aceitar.

Dois meses depois, os resultados dos testes mostraram que a amostra de combustível número 20 tinha 0,2% de água, 40 vezes o percentual de 0,005% do padrão nacional. Gao disse a um repórter da CCTV que cinco de seus amigos tiveram os mesmos problemas após abastecerem no posto de gasolina de Weihe.

Wang Xukun, vice-presidente-interino da ‘Associação Legal de Pesquisa de Heilongjiang para a Proteção dos Direitos e Interesses do Consumidor’, postou em seu microblogue que o posto de gasolina de Weihe fornece “combustível de qualidade muito inferior. Há água no combustível diesel 40 vezes mais do que o nível padrão! Você pagaria por esse tipo de combustível diesel?”

Outro internauta comentou: “É bastante comum que postos de gasolina na China adicionem água no combustível, é apenas uma questão de quanta água eles acrescentam. Os proprietários de automóveis já aceitaram esse fato. É normal ter teor de água no combustível um pouco maior do que o padrão, uma vez que o conteúdo de água pode ser influenciado por vários fatores durante o transporte, armazenamento e lavagem dos tanques. Mas é inacreditável um conteúdo de 40 vezes maior que o padrão.”

Em última análise, Gao não pôde ser indenizado pela CNPC porque o combustível errado foi testado. O chefe da unidade de defesa do consumidor no ECICS acredita que o resultado do teste mostra claramente que o combustível da CNPC é abaixo do padrão, mas funcionários da empresa se recusam a compensar Gao totalmente.

O repórter da CCTV tentou entrevistar oficiais da CNPC, mas eles disseram que não estavam disponíveis. Um funcionário da empresa telefonou posteriormente e disse: “Este incidente tem uma influência negativa na reputação da empresa, eu espero que você não o reporte.” A CNPC teve duas semanas para efetuar um novo teste de amostra de combustível, mas em vez disso a empresa negou qualquer irregularidade.

 
Matérias Relacionadas