Mãe elefante leva seu bebê para visitar homem que a criou há 10 anos

Por Louise Bevan

Depois de ser resgatada e reintegrada à natureza há mais de uma década, uma elefanta órfã voltou para visitar seu tratador. O melhor de tudo é que ela trouxe seu bebê para conhecê-lo.

A elefante, chamado Sunyei, veio visitar Benjamin, o principal guardião de elefantes do Sheldrick Wildlife Trust, em suas instalações de Ithumba no Quênia . Em 1º de setembro, a equipe do Trust compartilhou imagens emocionantes  do encontro do elefante e seu tratador no Facebook  .

No curto vídeo, Sunyei, que cresceu, acaricia e come das mãos de seu antigo zelador enquanto Benjamin senta pacientemente ao lado de sua velha amiga. O bebê de Sunyei fica perto de sua mãe, enquanto os dois compartilham um momento agradável.

Benjamin e Sunyei, juntos novamente. (Cortesia de Sheldrick Wildlife Trust)

“Cinquenta anos atrás, era considerado impossível criar um elefante órfão sem depender do leite, muito menos reintegrá-lo a natureza”, explica a equipe do Trust. “Sunyei é o testemunho de que isso é possível nas circunstâncias certas e, quando libertados, esses órfãos podem desenvolver e até começar suas próprias famílias.”

Sunyei foi descoberta sozinha no mato africano há quase 20 anos, depois de ser separada de sua mãe quando era um elefantinho recém-nascido. Depois de ser aceita pelo Sheldrick Wildlife Trust, ela se juntou a Benjamin, seu zelador principal, o homem responsável pelos cuidados primários, saúde e felicidade dos elefantes residentes 24 horas por dia.

No centro de Ithumba, Sunyei aprendeu as habilidades para se defender, finalmente saindo por vontade própria em 2009.

Sunyei quando ela foi resgatada (Cortesia de Sheldrick Wildlife Trust)

“Embora já tenha se passado mais de uma década desde que Sunyei decidiu retornar à natureza, parece que ela nunca se esqueceu da gentileza que eles mostraram a ela ” , disse  Rob Brandford, o diretor executivo da Fundação ,  ao The Dodo.

“O fato de um elefante adulto selvagem ter o desejo de apresentar um novo bebê naquela manhã à família humana que o criou diz muito sobre sua inteligência e seu senso de família”, ele se maravilhou.

Desde a reunião de Sunyei e Benjamin, a mãe elefante voltou várias vezes com seu bebê. Todas as interações ocorrem em seus termos, tornando seu vínculo atual com o homem que a criou ainda mais significativo.

O  programa de órfãos  da Fundação Trust resgatou e reintegrou na natureza mais de 160 elefantes órfãos em seus 40 anos de operação. Cada resgate é feito sob medida para as necessidades de cada elefante, desde uma fórmula láctea especialmente fortificada até o monitoramento do tempo e dos recursos à medida que os bebês se mudam para áreas de conservação conhecidas como “unidades de reintegração”, prontas para serem soltos.

“Talvez a coisa mais notável seja o tempo que leva”,  postou  Trust no Facebook. “Elefantes órfãos requerem uma quantidade excepcional de cuidado e precisam aprender habilidades básicas de sobrevivência, aprendendo com seus tratadores, outros e elefantes selvagens.”

Isso pode levar de 6 a 10 anos, eles explicaram; é sempre o elefante que decide quando está pronto para deixar seus cuidadores humanos e se defender sozinho.

Assista:

https://www.facebook.com/watch/?v=6423850091022482&t=6

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 
Matérias Relacionadas