Mãe de Cristiano Ronaldo é hospitalizada em Funchal após sofrer AVC

Por Agência EFE

O Serviço de Saúde da Região Autônoma da Madeira (SESARAM) confirmou, na noite do dia 3 de março, em um comunicado o AVC (AVC) sofrido pela mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro, e que sua situação clínica corre “como esperado”.

A mãe do jogador de futebol do Juventus entrou na manhã passada no Hospital Nélio Mendonça, em Funchal (Portugal) e foi submetida a trombólise (teste para dissolver um coágulo sanguíneo) e trombectomia (remoção de um trombo que bloqueia a circulação sanguínea).

Para acompanhar em primeira mão a situação de sua mãe, o jogador mudou-se de Turim para Funchal, onde chegou na tarde passada, com sua parceira, Georgina Rodríguez, e seu filho mais velho, Cristiano Ronaldo Jr.

O jogador de futebol português Cristiano Ronaldo disse que sua mãe está “estável e em recuperação” e pediu privacidade para sua família.

“Obrigado a todos pelas mensagens de apoio à minha mãe. Ela está estável e está se recuperando no hospital. Minha família e eu agradecemos à equipe médica que está cuidando dela e gentilmente pedimos privacidade no momento”, escreveu ele em seu perfil no Twitter.

Cristiano Ronaldo nasceu em Funchal, onde treinou como jogador de futebol antes de jogar pelo Sporting de Portugal. Sua mãe reside nesta cidade insular portuguesa.

 
Matérias Relacionadas