Lei seca mais rígida passa a valer a partir de hoje

A multa chega a quase 2 mil reais
Uma mulher fazendo o teste do bafômetro (Fred Tanneu/AFP/GettyImages)
Uma mulher fazendo o teste do bafômetro (Fred Tanneu/AFP/GettyImages)

Passa a valer a partir de hoje (21) as novas regras da lei seca, sancionada pela presidente Dilma Rousseff nesta quinta-feira (20). Quem for flagrado alcoolizado ao volante terá suspenso o direito de dirigir por 12 meses e receberá multa no valor de R$ 1.915,30, o dobro do valor da lei anterior.

Em caso de reincidência em período de até 12 meses, a multa será o dobro do valor, R$ 3.830,60.

A lei mais rígida inclui outras formas de confirmar a embriaguez do motorista, como teste de alcoolemia, exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal, observado o direito à contraprova.

Segundo o Ministério da Saúde, a violência no trânsito é uma das principais causas de mortalidade no Brasil. Somente em 2011 foram registradas 155 mil internações no Sistema Único de Saúde (SUS) relacionadas a acidentes de trânsito, o que equivaleu a um custo de R$ 200 milhões para o governo.

“Apoiamos todas as medidas que puderem ser tomadas para que acidentes sejam evitados e vidas, salvas”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas