Justiça americana suspende prorrogação na contagem de votos em Wisconsin

Por Rayla Alves – Terça Livre

Após várias denúncias de fraude nas eleições dos Estados Unidos, um juiz federal suspendeu no domingo (27), a decisão que obrigava o estado de Wisconsin a continuar contando votos recebidos por correio até seis dias após a eleição.

Pelo ato de domingo, os votos deverão ser recebidos até as 20h do dia 3 de novembro (dia oficial da eleição) para que sejam contados pela junta eleitoral. Republicanos agora tentam reverter extensão na Pensilvânia.

A decisão representa uma vitória do Partido Republicano que pediu pela suspensão.

Com o prazo estendido por até seis dias, como estava definido antes da suspensão, a comissão eleitoral do estado seria obrigada a esperar por mais seis dias após as eleições por cédulas que não tivessem chegado até o dia oficial da eleição, o que atrasaria a conclusão do processo.

O Comitê Nacional Democrata, o Partido Democrata estadual e grupos aliados, incluindo a League of Women Voters, haviam entrado com um processo para estender o prazo para contagem de votos enviados por correio.

O Comitê Nacional Republicano, o Partido Republicano do estado e os legisladores republicanos de Wisconsin argumentaram que as regras atuais de votação para ausentes sejam mantidas, dizendo que as pessoas têm muito tempo para obter e devolver suas cédulas antes do dia do pleito.

Com informações: Direto da América

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas