Japão testa trem maglev que viaja a 500 km/h

Trens com a tecnologia maglev (magnetic levitation transport ou transporte de levitação magnética, em português) prometem ser o transporte público do futuro. Devido à inexistência de contato entre o veículo e a linha, o único atrito que existe é entre o aparelho e o ar. Consequentemente, os trens maglev conseguem atingir grandes velocidades com relativo baixo consumo de energia e pouco ruído. O Japão e a Alemanha são os países que mais têm pesquisado e desenvolvido essa tecnologia.

A empresa ferroviário japonesa “Central Japan Railway Company” realizou nesta semana seu primeiro teste público do seu novo protótipo de trem maglev que atinge a grande velocidade de 500 km/h. O teste foi realizado numa via de teste de 43 km de comprimento. O trem japonês levita mais ou menos 10 cm acima dos trilhos.

Esse trem  atinge primeiro a velocidade inicial de 160 km/h para então ativar o sistema de suspensa magnética que permite a ele acelerar lentamente até a velocidade máxima de 500 km/h. Essa tecnologia promete reduzir, de 90 para apenas 40 minutos, o tempo de viagem entre Tóquio e Nagoya.

A primeira linha comercial japonesa com esse novo trem está prevista para ser inaugurada apenas em 2027, custando o equivalente a US$ 61,4 bilhões, ou seis vezes o que gastamos na Copa do Mundo no Brasil.

O maglev Brasil

O Maglev Cobra é um trem de levitação desenvolvido na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) pelo Coppe (Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia) e pela Escola Politécnica através do LASUP (Laboratório de Aplicações de Supercondutores). O Maglev Cobra foi concebido visando a uma revolução no transporte coletivo por meio da alta tecnologia não poluente, energeticamente eficiente e de custo acessível para os grandes centros urbanos.

O custo de implantação do Maglev Cobra é significativamente menor que o do Metrô, chegando a custar apenas um terço deste. Sua velocidade normal de operação estará dentro da faixa de 70 a 100km/h, comparável à do Metrô e ideal para o transporte público urbano.

 
Matérias Relacionadas