Japão pode mudar estratégia militar em relação à países comunistas vizinhos

Japão não descarta ataques aéreos; Tibete: repressão comunista e novas gerações divididas

Por NTD Notícias

A política entra nos jogos de inverno de Pequim. Apesar de a regra excluir a política do esporte, a cidade sede, Pequim, reitera sua “Política de Uma Só China” em um painel.

O verão, em 2008, e o inverno, em 2022. O Tibete tem uma abordagem bem diferente com Pequim sediando as Olimpíadas. Alguns dizem ter a ver com novas gerações no Partido Comunista.

Uma reviravolta nas relações do Japão com seus vizinhos comunistas. O país pode logo expandir sua política de ter forças exclusivamente defensivas para também poder atacar bases militares inimigas.

Assista também:

 
Matérias Relacionadas