Itamaraty apoia novas eleições na Bolívia e expõe profunda preocupação com fraude

Nota defende condições para que novo pleito assegure o soberano desejo dos bolivianos

Por Davi Soares, Diário do Poder

Antes do anúncio da renúncia de Evo Morales ao cargo de presidente da Bolívia, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil publicou nota na tarde deste domingo (10), na qual apoiou a convocação de novas eleições presidenciais e expressou profunda preocupação com as graves irregularidades identificadas pela Organização dos Estados Americanos (OEA) no pleito realizado em 20 de outubro.

A nota também defende que autoridades com credibilidade garantam condições para que novo pleito assegure o soberano desejo dos bolivianos.

Veja a íntegra da nota do Itamaraty:

O Brasil toma conhecimento do resultado da Análise de Integridade Eleitoral das eleições gerais de 20 de outubro, realizada pela Organização dos Estados Americanos (OEA), e expressa profunda preocupação com as graves irregularidades ali apontadas, que desqualificam o pleito e levam à necessidade de convocação de um novo processo eleitoral.

O Brasil considera pertinente a convocação de novas eleições gerais em resposta às legítimas manifestações do povo e às recomendações da OEA, após a constatação das graves irregularidades.

O Brasil estima que o novo sufrágio deve ser dotado de todas as condições para assegurar sua absoluta transparência e legitimidade. Nesse sentido, o novo sufrágio deve ser presidido por autoridades reconhecidas por sua honorabilidade e credibilidade para garantir o soberano desejo dos bolivianos, e contar com observação internacional em todas as etapas do processo.

 
Matérias Relacionadas