Iraque: pelo menos dez pessoas morreram em dois atentados

Pelo menos dez pessoas morreram ontem (31) em Ramadi, a 100 quilômetros a oeste de Bagdá, em dois atentados suicidas com veículos cheios de explosivos perto de posições das forças de segurança, disseram a polícia e um médico.

Um veículo explodiu ao bater contra um edifício usado como base das forças especiais, e o segundo atingiu uma barreira policial e das forças especiais, afirmaram as mesmas fontes.

Ramadi, capital da província de Al-Anbar, de maioria sunita e fronteiriça com a Síria, está em parte sob controle dos rebeldes desde o início do ano, e as forças de segurança não conseguiram retomar toda a cidade.

Fallujah, a cerca de 40 quilômetros a leste de Ramadi, também caiu totalmente nas mãos dos rebeldes no início do ano.

Estes atentados ocorreram depois de o exército iraquiano ter registrado um dos raros êxitos contra os “jihadistas” ao romper o cerco de Amerli, cidade turcomana xiita, há mais de dois meses cercada pelos rebeldes do movimento Estado Islâmico (EI).

O EI e rebeldes sunitas lançaram em nove de junho uma ofensiva durante a qual tomaram vastas zonas do território iraquiano.

iOnline

 
Matérias Relacionadas