Ipea aponta aumento da demanda por bens industriais

Consumo dos 12 meses finalizados em janeiro teve alta de 0,1%

Por Agência Brasil

O consumo de bens industriais no mercado brasileiro cresceu 9,3% em janeiro de 2020 em relação a dezembro de 2019, segundo o Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea). Ele mede a soma das importações de bens industriais e da produção industrial que não foi exportada.

O crescimento foi mais forte na demanda por importações, que cresceram 14,6% em relação a dezembro. Já a demanda por bens industriais nacionais aumentou 8%.

Na comparação de janeiro de 2020 com o mesmo mês de 2019, a alta do consumo aparente de bens industriais foi de 5,4%, incluindo importações e produção local. O crescimento da demanda por bens nacionais também foi de 5,4%, enquanto o da compra de bens importados foi de 6,2%.

Mais números da pesquisa

Quando analisado o consumo acumulado dos 12 meses encerrados em janeiro, houve alta de 0,1%. Nesse período, a produção industrial caiu 1%, segundo a Pesquisa Industrial Mensal, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os bens de consumo semi e não duráveis tiveram queda de 1,5% no consumo, enquanto os bens de capital subiram 18,3%. Também houve alta na demanda de bens intermediários em janeiro: 5,8%.

Dos 22 segmentos da indústria de transformação, 17 tiveram alta na demanda, sendo destaque o de outros equipamentos de transporte, com 31,9% de avanço.

 
Matérias Relacionadas