Início das chuvas de monções assola a Índia

52 moradores ficaram presos pelas inundações no país
Criança indiana no meio da rua tomando chuva em Nova Delhi (Sajjad Hussain / AFP / Getty Images)
Criança indiana no meio da rua tomando chuva em Nova Delhi (Sajjad Hussain / AFP / Getty Images)

Operações de resgate buscam socorrer 52 moradores encalhados em uma ilha inundada no rio Yamuna ao norte do estado de Haryana.

As chuvas de monções, que chegaram com um mês de antecedência, estão cobrindo toda a Índia. As fortes chuvas têm obstruído os sistemas de drenagem de Nova Delhi inundando as ruas da cidade, além de causar deslizamentos de terra nas regiões do norte do país e do Himalaia central.

De acordo com relatório da televisão NTDTV, helicópteros da Força Aérea da Índia foram postos a serviço e o exército indiano está aguardando ordens para resgatar os 52 moradores, que incluem 15 crianças do vilarejo de Lapra. O grupo está preso na ilha desde a manhã de domingo (16). Um comunicado informou que o grupo estava na ilha para a colheita de melão e melancia quando as inundações começaram.

O governo do estado de Haryana emitiu avisos de enchentes para as regiões em torno do rio Yamuna, que se origina na cadeia dos Himalaias e flui através do estado até Delhi.

No domingo, as fortes chuvas também inundaram o aeroporto de Nova Delhi, causando transtornos aos passageiros que tiveram de caminhar com água até a altura dos joelhos. As monções chegaram em Delhi duas semanas antes do previsto.

As chuvas causaram deslizamentos de terra na parte mais alta do Himalaia, matando oito pessoas no domingo no estado de Uttrakhand, de acordo com um relatório da agência Press Trust of India. Várias estradas e pontes foram arrastadas pelas águas e os principais afluentes do rio Ganges na região também estão com níveis acima do normal, trazendo perigo à população com muitas rotas sendo fechadas para a segurança no local.

As Monções do Sudoeste, também chamadas de “Salvação da Índia”, costumam cobrir o país em meados de julho. As chuvas antecipadas deste ano são um bom presságio para uma boa colheita dos plantios de verão. Essas chuvas são cruciais pois mais da metade da terra arável da Índia é de cultura de sequeiro, que cresce sem a necessidade de adição de água ao solo por meio de irrigação, assim dependendo somente da chuva.

Veja mais imagens em: theepochtimes.com

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas