Infecções por coronavírus no Brasil duplicam em dois dias e já atingem 25

Um dos pacientes infectados está em estado grave em um hospital no Brasil com uma "síndrome respiratória aguda grave"

Por Agência EFE

O número de infecções por coronavírus no Brasil dobrou em apenas dois dias e o número de casos confirmados já é 25, informaram fontes oficiais no domingo.

Seis novos casos foram registrados no sábado e outros seis no domingo, três dos quais foram identificados nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais (sudeste) e Alagoas (nordeste) e três outros no estado de São Paulo (sudeste), os mais afetados no país.

As infecções passaram de 13, na última sexta-feira, para 25 neste domingo, das quais 21 pessoas contraíram a doença em viagens para fora do país, a maioria para a Itália, enquanto nos outros quatro casos foi por transmissão local.

Um dos pacientes infectados está em estado grave em um hospital no Brasil com uma “síndrome respiratória aguda grave”, segundo boletim médico publicado pela Secretaria de Saúde da capital brasileira.

O presidente Jair Bolsonaro fez uma declaração esta semana na televisão, na qual ele pediu que os brasileiros não entrassem em pânico diante do aumento de casos de coronavírus no país.

“O momento é de união. Mesmo que o problema possa piorar, não há motivo para entrar em pânico”, disse Bolsonaro, em mensagem ao país na última sexta-feira.

No mesmo dia, o Fórum Econômico Mundial anunciou que adiará sua edição latino-americana, prevista para abril próximo em São Paulo, o que significa o cancelamento do primeiro grande evento do país por medo do coronavírus.

“Dada a situação dinâmica que envolve o coronavírus em todo o mundo e após uma cuidadosa consideração do que isso significa para os diferentes parceiros, o Fórum Econômico Mundial e seus parceiros no Brasil concordaram em marcar essa reunião novamente em uma data posterior” diz uma declaração da organização.

Da mesma forma, a Avenue School, uma das escolas de elite em São Paulo, cancelou as aulas presenciais depois que um dos alunos foi diagnosticado com Covid-19 depois de viajar para o Colorado, nos Estados Unidos.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas