Indígenas ateiam fogo em frente ao Palácio do Planalto e bloqueiam via

Por Italo Toni Bianchi, Terça Livre

Embora a votação do Marco Temporal esteja acontecendo no Supremo Tribunal Federal (STF), é em frente ao Palácio do Planalto que parte dos cerca de 6 mil indígenas acampados na Esplanada dos Ministérios protestaram queimando caixas contra o governo Bolsonaro nessa sexta-feira (27).

Organizados pela esquerda, os indígenas estão protestando contra o governo Jair Bolsonaro. Eles atearam fogo em caixas pretas com dizeres “fora Bolsonaro”, “não é apenas um vírus” e “condenação ao genocida”. O grupo fechou o Eixo Monumental e uma fumaça escura saía das chamas.

O motivo pela ocupação da Esplanada dos Ministérios é uma decisão no STF sobre demarcações de terra que estava programada para esta semana, mas acabou não acontecendo e ficou para a próxima quarta-feira (1).

Antes do protesto desta sexta-feira (27), era possível ver que o grupo tem inclinação à esquerda, pois carregavam faixas contra o governo federal, embora a ação no STF seja relativa ao governo de Santa Catarina.

O tribunal discute se somente as demarcações de terra até a promulgação da Constituição Federal (CF) de 1988 ficarão sob posse dos indígenas ou se mesmo as ocupações feitas após esse período também serão válidas como sendo seu território. Na prática, pode haver uma reintegração de posse por parte do governo de Santa Catarina.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 
Matérias Relacionadas