Imagens do Congresso Nacional da China revelam quem está fora do jogo

O que o público pode observar do evento político mais importante da China — o 19º Congresso Nacional — é, em maior medida, um teatro. A cada cinco anos, os delegados “eleitos” (na realidade, eles são escolhidos pelos mais poderosos do Partido) concordam em nomear novos líderes, mas na verdade a lista já está predeterminada por meio de um jogo de poder que acontece nos bastidores.

Nas entrelinhas é que você verá pistas sobre o que realmente está acontecendo.

Em 18 de outubro, dia da abertura do congresso, o atual líder chinês Xi Jinping, que permanecerá no cargo por mais cinco anos, discursou para mais de 2.000 delegados.

Com a presença dos membros mais velhos do Partido e de outros funcionários VIP no palco atrás de Xi, a cena representa perfeitamente a união do Partido Comunista Chinês (PCC) por trás do homem no poder.

No entanto, se você olhar de perto a transmissão ao vivo do discurso feita pela CCTV (Central China Television, um canal estatal), perceberá muitas mensagens ocultas que mostram as lutas internas do Partido.

No momento em que Xi entra no Grande Salão do Povo, a câmera mostra os ex-líderes do PCC Jiang Zemin e Hu Jintao, além de outros, caminhando atrás dele. Mas o rosto de Jiang é repetidamente oculto por Xi caminhando à sua frente, em contraste com Hu, que também caminha atrás de Xi mas que pode ser visto completamente.

Ex-líder do PCC Jiang Zemin fica oculto atrás de Xi Jinping que caminha à sua frente, em transmissão feita pela CCTV da sessão de abertura do 19º Congresso Nacional (Captura de tela via YouTube/CCTV)
Ex-líder do PCC Jiang Zemin fica oculto atrás de Xi Jinping que caminha à sua frente, em transmissão feita pela CCTV da sessão de abertura do 19º Congresso Nacional (Captura de tela via YouTube/CCTV)

Xi e Jiang travam uma amarga luta pelo poder. Desde que Xi assumiu a liderança do Partido há cinco anos, ele tem expurgado os partidários de Jiang que ainda têm alguma influência. Através da campanha de Xi para investigar funcionários corruptos, muitos membros da facção de Jiang têm sido processados e expulsos.

O analista de assuntos atuais, Ji Da, disse que é comum que a mídia porta-voz do PCC transmita mensagens sutis através das câmeras. Por uma questão de convenção do Partido, Jiang foi convidado para o congresso como ex-líder, mas foi deixado de lado pelas câmeras várias vezes, que lhe deram as costas, disse Ji.

Quando Xi começa seu discurso, a câmera ocasionalmente mostra Jiang, que pode ser visto examinando com uma lupa um documento pessoal — que não é a cópia do relatório de progresso de Xi.

Jornalistas fora da China informaram que Jiang olhava repetidamente para o relógio, que ele parecia indiferente e que cochilou várias vezes.

Quando Xi chegou à parte de seu discurso sobre a luta contra a corrupção, enfatizando uma abordagem de “tolerância zero” para aqueles no Partido que se envolvem em subornos, a câmera mostrou Jiang.

Mais tarde, quando Xi começa uma oração com a frase “aquilo a que o povo e as massas se opõem, o que eles odeiam”, a câmera novamente faz uma aproximação de Jiang.

O significado subjacente é muito claro para os telespectadores chineses.

Quando Xi terminou seu discurso, Jiang foi desprezado mais uma vez. Xi primeiro se dirigiu a Hu para apertar-lhe a mão e a câmera se manteve nessa imagem.

Xi então se virou para onde Jiang estava sentado, mas a câmera mostra apenas a imagem de Xi estendendo o braço em direção ao assento de Jiang, que estava completamente oculto atrás de um operador de câmera.

Xi parece estar apertando a mão de Jiang, mas Jiang não é visto porque sua imagem é bloqueada por um operador de câmera (Captura de tela via YouTube/CCTV)
Xi parece estar apertando a mão de Jiang, mas Jiang não é visto porque sua imagem é bloqueada por um operador de câmera (Captura de tela via YouTube/CCTV)

Na imagem seguinte, Xi e Hu estão conversando e sorrindo, o que mostra que eles estão no mesmo time. De forma inequívoca, não há imagens de Xi interagindo com Jiang.

Com base no que esta mensagem silenciosa parece mostrar, Xi e Jiang ainda continuam em guerra.

Colaboraram: Lou Ya e Xu Meng’er

Leia também:
Ministro chinês revela número de militares expurgados por Xi Jinping
Preso por sua fé, homem morre em prisão chinesa após um ano encarcerado
Regime chinês expõe membros da facção de Jiang Zemin que tramavam golpe

 
Matérias Relacionadas