Huo Qubing, um brilhante general da Dinastia Han

Huo Qubing foi um general brilhante que serviu na Dinastia Han (Jade/The Epoch Times)

Sob o reinado do Imperador Wu, a Dinastia Han ocupou uma grande expansão territorial e teve um governo forte e centralizado. O Imperador Wu não recuou diante dos ataques dos xiongnu do Norte (Saibei) e os atacou repetidas vezes. Durante as décadas de guerra contra os xiongnu, Huo Qubing foi o general com mais vitórias e glórias militares.

Huo Qubing viveu uma infância pobre e tinha grande ânsia por aprender. Weiqing, o tio de Huo Qubing, era um famoso general e ensinou-o todo tipo de artes marciais, além de equitação e tiro com arco, duas habilidades que os xiongnu eram muito melhores do que os chineses han da época. A família de Huo Qubing ascendeu gradualmente após sua tia, irmã de sua mãe, tornar-se esposa e rainha do Imperador Wu.

Aos 17 anos, Huo Qubing demonstrava excepcional talento militar e sabedoria e, assim, foi favorecido pelo imperador, que o nomeou seu guarda-costas. Na primavera de 123 a.C., Weiqin foi ordenado pelo imperador a lutar contra os xiongnu. Huo Qubing tinha apenas 18 anos, mas pediu ao imperador que lhe permitisse acompanhar o tio na guerra. Weiqin selecionou uma cavalaria de oitocentos para Huo Qubing liderar. Embora tenha sido sua primeira guerra, Huo Qubing não demonstrou medo. Ele realizou manobras e invadiu os acampamentos dos xiongnu, matando mais de dois mil deles. Nesta guerra, sua vitória foi a mais destacada e o Imperador Wu o recompensou com o título de “duque vitorioso”, o que tornou seu nome conhecido.

Depois de duas grandes batalhas contra Huo Qubing, os xiongnu sofreram perdas severas de soldados e territórios e sua moral caiu. Huo Qubing foi então reconhecido tal qual seu tio Weiqing. O Imperador Wu encomendou a construção de uma luxuosa mansão para ele como recompensa. Após a conclusão da mansão, o Imperador Wu mostrou-a a Huo Qubing e perguntou se ele gostava dela. No entanto, Huo Qubing se recusou a receber o presente do imperador dizendo, “Como posso sossegar em casa, enquanto os xiongnu atacam nosso país.” Este provérbio ficou conhecido e perdura há milhares de anos na história chinesa como um símbolo da paixão de Huo Qubing pela defesa nacional.

Huo Qubing (Kiyoka Chu/The Epoch Times)

Desde então, o poder militar dos xiongnu se eclipsou e a Dinastia Han foi capaz de controlar totalmente o caminho para o Oeste e desenvolver a Rota da Seda, que favoreceu intercâmbios culturais e comerciais entre o Oriente e o Ocidente.

Segundo a lenda, numa ocasião, após Huo Qubing derrotar os xiongnu com grande sucesso, o Imperador Wu o premiou Huo com uma jarra de vinho precioso e enviou-a da capital Chang’an para o acampamento militar onde ele estava. Huo Qubing derramou a jarra de vinho num riacho próximo do campo para que todos os seus soldados pudessem saboreá-lo. O vale se encheu do aroma do vinho e todos o apreciaram. Desde então, o nome do local foi alterado para Jiuquan, que significa “fonte de vinho”.

Huo Qubing não era falante, mas era muito bravo e sábio em batalha. Ele foi considerado um gênio militar. Durante suas seis batalhas com os xiongnu, centenas de milhares de soldados inimigos foram derrotados. Huo Qubing morreu com 24 anos devido a uma praga. Sua vida foi como um meteoro, curta, mas gloriosa. O Imperador Wu realizou um grande funeral para ele e o sepultou ao lado dos imperadores do passado. Seu túmulo também foi decorado com uma variedade de gigantescas estátuas de pedra, em comemoração por seus gloriosos feitos militares.

Para conhecer outras figuras históricas da antiga China, clique aqui.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas