Histórias da Antiga China: as consequências de não ter integridade

Como comerciante, você deve ter integridade. A qualidade dos produtos não pode enganar as pessoas

Por Epoch Times

Havia um homem chamado Yufu. Ele não queria viver na pobreza. Ele viu que muitos de seus amigos ficaram ricos fazendo negócios, então ele quis tentar também. Primeiro, ele foi ver um amigo chamado Jiran para aconselhá-lo sobre como ficar rico. Jiran disse: “Atualmente, a demanda por laca é muito forte. Por que você não planta árvores de laca, extrai a laca e a vende?”

Yufu ficou muito feliz em ouvir isso e pediu algumas técnicas para plantar árvores de laca. Jiran respondeu pacientemente a todas as perguntas que Yufu lhe fez. Yufu voltou para casa, levantou-se cedo e trabalhou até tarde da noite. Finalmente, plantou um grande jardim de árvores de laca.

Em três anos, as árvores de laca cresceram muito e Yufu ficou muito feliz. Se as árvores pudessem produzir 500kg de verniz, ele ganharia muito dinheiro. Ele planejou levar a laca para vendê-la no estado de Wu. Naquela época, o irmão de sua esposa veio visitá-lo e disse: “Eu costumo fazer negócios no estado de Wu. Eu sei que há uma grande demanda por laca no mercado. Você recuperará seu investimento várias vezes lá”.

Yufu estava ansioso para ficar rico então perguntou como ganhar mais dinheiro. Seu cunhado lhe disse: “A laca é muito popular no estado de Wu. Eu vi muitos vendedores de laca cozinhando folhas de laca. Para aumentar o volume, misturaram a seiva das folhas de laca com a laca e, assim, ganharam mais dinheiro”. Yufu ouviu isso e trabalhou ainda mais duro, cozinhando as folhas de laca durante a noite. Ele levou a seiva da folha de laca fervida e a laca para o estado de Wu.

Árvore de zumaque ou noz chinesa (Rhus chinensis) coberta de líquens e cercada por Hellebores (Helleborus) no inverno em um pomar na zona rural de Devon, na Inglaterra, Reino Unido (Shutterstock)
Árvore de zumaque ou noz chinesa (Rhus chinensis) coberta de líquens e cercada por Hellebores (Helleborus) no inverno em um pomar na zona rural de Devon, na Inglaterra, Reino Unido (Shutterstock)

Naquela época, as relações entre o estado de Wu e o estado de Yue eram muito tensas e os comerciantes não tinham permissão para viajar, de modo que a laca no estado de Wu tinha alta demanda. Os comerciantes de laca souberam que Yufu iria vender laca, por isso estavam muito entusiasmados e vieram da periferia para encontrá-lo; também o ajudaram a organizar seu alojamento. Quando os comerciantes olharam para a laca, ficaram surpresos ao ver que era de boa qualidade. Rapidamente acertaram um preço, lacraram as garrafas de laca e combinaram uma data para pegá-las e fazer o pagamento.

Assim que os mercadores saíram, Yufu abriu as garrafas, tirou um pouco da boa laca para vender mais tarde e derramou um pouco de seiva de folhas, misturou-as e fechou novamente os frascos. Como ele estava com pressa, deixou alguns traços de suas ações. No dia seguinte, quando os mercadores chegaram, descobriram que os selos estavam quebrados. Começaram a suspeitar do que estava acontecendo, deram uma desculpa e saíram. Eles disseram que voltariam em poucos dias.

Yufu esperou por eles em um hotel por vários dias, mas eles não voltaram. Com o tempo, a laca ficou danificada por ter sido misturada com a seiva da folha. Como resultado, Yufu não vendeu nenhuma laca e até mesmo sua laca de boa qualidade foi arruinada. Quando os mercadores descobriram, eles o criticaram, dizendo: “Como comerciante, você deve ter integridade. A qualidade dos produtos não pode enganar as pessoas. Você caiu tão baixo, quem terá pena de você?” Yufu não tinha dinheiro para voltar ao estado de Yue e só podia pedir esmola no estado de Wu. As pessoas riam dele e no final ele acabou morrendo de fome no estado de Wu.

Traduzido por Dora Li para o inglês; essa história foi extraída do livro “Treasured Tales of China”, Vol. 1, disponível na Amazon

 
Matérias Relacionadas