Há muita coisa ‘errada’ na gestão da Petrobras e Silva e Luna vai dar uma ‘arrumada’, afirmou Bolsonaro

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

O presidente da República, Jair Bolsonaro, durante uma conversa na portaria do Palácio da Alvorada nesta terça-feira (23), negou que tenha interferido na política de preços da Petrobras. Bolsonaro disse ainda que há muita coisa “errada” na gestão da Petrobras e Silva e Luna vai dar uma “arrumada”, afirmou.

O presidente também reconheceu que, se tiver que “fazer mudança”, o novo chefe da estatal indicado por ele, general Silva e Luna, assim o fará.

“Vocês vão ver como a Petrobras vai melhorar. Assim como, se tivermos que fazer mudança, nós faremos”, afirmou Bolsonaro.

O presidente tem reclamado publicamente dos constantes aumentos de preços anunciadas pela petrolífera em 2021 (quatro aumentos, somente este ano) e garantiu que não interferiu nos preços dos combustíveis, mas quer maior transparência e previsibilidade quanto aos reajustes.

“Não vem a imprensinha. Não vai dar certo. É o seguinte, eu falo para o ministro: quer perder o ministério? Seja elogiado pela Folha ou pela Globo. Parte da imprensa está com crise de abstinência. Acabou”, declarou o presidente.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas