Grupo de extrema esquerda Antifa é filmado quebrando janelas do prédio do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA

Membros do Antifa geralmente usam máscaras, se vestem de preto, atacam com frequência os contra-manifestantes e destroem propriedade pública e privada

Por Zachary Stieber, Epoch Times

Membros do grupo de extrema esquerda Antifa foram filmados quebrando janelas do edifício de recrutamento do Corpo de Infantaria da Marinha dos Estados Unidos na Califórnia durante últimos protestos violentos.

O escritório de Fuzileiros Navais confirmou o ataque na manhã de 6 de agosto para o jornal Epoch Times: “Sim, aconteceu”, disse o representante. “As janelas estão estilhaçadas e precisam ser substituídas”.

Depois de confrontar a polícia e os contra-manifestantes em Portland, no sábado (4), membros do Antifa saíram às ruas de Berkeley no domingo.

O cineasta Ford Fischer, que estava presente em ambos os protestos, filmou membros do Antifa quebrando as janelas do escritório do Corpo de Fuzileiros Navais na Avenida Shattuck.

Fischer disse que depois de filmar o Antifa quebrando uma janela e jogando uma tocha em uma lixeira nas proximidades, um grupo começou a ameaçá-lo.

“Resumidamente, eles me disseram para ir embora, ameaçando me agredir se eu não o fizesse. Eu então fui embora”, publicou Fischer no Twitter, acompanhado de um vídeo do grupo que o ameaçou. Um dos membros do grupo disse: “Saia daqui [palavrão]. A polícia não está aqui. Ninguém vai ajudá-lo”.

Membros do Antifa geralmente usam máscaras, se vestem de preto, atacam com frequência os contra-manifestantes e destroem propriedade pública e privada.

O Departamento de Polícia de Berkeley disse que 20 prisões foram feitas no domingo e dezenas de armas foram confiscadas, enquanto os policiais tentavam conter os confrontos entre Antifa e grupos rivais.

“Embora houvesse várias centenas de pessoas, muitas das quais estavam armadas e eram hostis, não houve ferimentos significativos em ninguém no público ou no pessoal da cidade. A ausência de feridos foi pura sorte, dado que os extremistas jogaram explosivos contra a polícia de Berkeley e contra os oficiais de apoio mútuo do Escritório do Xerife do Condado de Alameda. Berkeley Fire tratou e liberou três membros do público com ferimentos leves”, declarou o departamento em um comunicado de imprensa.

No entanto, houve danos significativos em propriedades particulares na cidade, disse o departamento.

“Um elemento extremista que estava no grupo dirigiu-se a pé para o oeste atravessando o estacionamento do Berkeley Way, destruindo 21 veículos, cortando os pneus dos veículos oficiais e queimando um veículo oficial da cidade. Três pequenos incêndios em lixeiras foram controlados.

Segundo uma matéria publicada anteriormente pelo Epoch Times, o grupo Antifa remonta à “frente unida” da Internacional Comunista (Comintern) da União Soviética durante o III Congresso Mundial realizado em Moscou. O congresso foi realizado em junho e julho de 1921, de acordo com o folheto alemão “80 anos de ação antifascista” de Bernd Langer, publicado pela Associação para a Promoção da Cultura Antifascista. A organização foi a primeira parte das operações da frente da União Soviética para implantar a ditadura comunista na Alemanha, e trabalhou para rotular todos os partidos rivais como “fascistas”.

Qual é a origem do grupo extremista de esquerda Antifa?

 
Matérias Relacionadas