Grupo Caoa negocia compra da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo

Empresa já é distribuidora da Ford desde a década de 1970

Por Diário do Poder

A montadora brasileira Caoa está negociando a compra de uma fábrica da Ford que deve ser fechada neste ano. Segundo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), três grupos demonstraram interesse em assumir as operações da unidade. A Ford anunciou o fechamento da unidade de São Bernardo do Campo no último dia 19, o que tirará do mercado brasileiro a linha de caminhões da marca e o hatch Ford Fiesta. Três mil pessoas trabalham na fábrica.

“Posso antecipar a vocês que já recebemos três consultas de fabricantes de caminhões e automóveis, e oportunamente, após a evolução desses entendimentos, tornaremos públicas essas intenções”, disse o governador em entrevista coletiva.

A Caoa é hoje distribuidora da sul-coreana Hyundai, da japonesa Subaru e da chinesa Chery (da qual tornou-se dona da operação brasileira em 2017). O grupo também é dono da maior rede de concessionárias dessa montadora no país.

Em 2018, a fabricante disse que produziu apenas 19% dos caminhões e 12% dos carros do total da capacidade instalada na unidade, a mais antiga da empresa em operação no país.

Fechar a fábrica é parte do movimento mais amplo da Ford em parar de produzir caminhões comerciais pesados ​​na América do Sul.

 
Matérias Relacionadas