Governo Federal deve anunciar aumento de impostos nesta quinta

O governo federal poderá anunciar nesta quinta-feira (20) o aumento de impostos sobre a gasolina como medida para incrementar as receitas e assegurar o cumprimento da meta fiscal neste ano, diante de uma recuperação econômica mais débil do que a aguardada depois de dois anos consecutivos de recessão. O governo tem um rombo de cerca de R$ 10 bilhões para tapar no Orçamento de 2017 e deve socorrer-se com a elevação de tributos.

Conforme publicado pelo jornal O Estado de S.Paulo, a matéria foi debatida nesta terça-feira (18) entre o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Apesar do montante auferido em junho deste ano ter sido o melhor desde 2015, a elevação de tributos se faz necessária para corrigir as decepcionantes receitas e proporcionar confiança na execução da meta de déficit de R$ 139 bilhões deste ano.

De acordo com informações obtidas com uma fonte da equipe econômica pela Agência Reuters nesta quarta-feira, a Receita Federal ainda realizava os cálculos do impacto que seriam causados pelos aumentos, que já estariam aprovados pela equipe econômica chefiada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. A definição deverá acontecer nesta quarta-feira (19), para que haja tempo hábil para anunciá-la na quinta (20) com o demonstrativo bimestral de receitas e despesas do Orçamento de 2017.

As alternativas mais prováveis para a Receita são aumentar os tributos através dos combustíveis, do Programa de Integração Social (PIS), da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) ou das Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

Leia também:
Marcos Valério fecha acordo de delação premiada com PF
Viagens de Dilma este ano já custaram R$ 520 mil ao Tesouro
Sindicato de pecuaristas pede que Trump expulse JBS dos Estados Unidos

 
Matérias Relacionadas