Gorila da montanha órfã, de 14 anos, morre nos braços de seu zelador: ‘Eu a amei como uma criança’

Por Equipe Epoch Inspired

Uma gorila da montanha órfã da África, que ficou famosa depois que uma selfie com um guarda florestal se tornou viral e morreu nos braços de seu zelador e “amigo de longa data”.

Aos 14 anos, Ndakasi, a querida gorila que havia sido cuidada no Centro Senkwekwe do Parque Nacional de Virunga, na República Democrática do Congo, por mais de uma década, deu seu último suspiro na noite de 26 de setembro. Sua condição havia piorado após uma doença prolongada, de acordo com um comunicado do parque.

“Foi um privilégio apoiar e cuidar de uma criatura tão amorosa, especialmente sabendo do trauma que Ndakasi sofreu quando era muito jovem”, disse o zelador Andre Bauma. “Estou orgulhoso de ter chamado Ndakasi de minha amiga”.

Ndakasi morreu nos braços de seu amigo de longa data e zelador no Parque Nacional de Virunga em 26 de setembro de 2021 (Cortesia de Brent Stirton / Parque Nacional de Virunga )

A gorila da montanha, que nasceu no grupo Kabirizi em abril de 2007, tinha apenas 2 meses de idade quando foi encontrada por guardas florestais de Virunga agarrada ao corpo sem vida de sua mãe.

Nyiransekuye, a mãe de Ndakasi, foi “abatida por milícias armadas”. Os guardas-florestais então perceberam que não havia membros da família presentes para cuidar do bebê gorila e, portanto, cuidaram dela até recuperá-la e imediatamente a transferiram para um centro de resgate em Goma, onde foi apresentada a André.

(Cortesia do Parque Nacional de Virunga )

Durante a primeira noite, Andre manteve a bebê gorila em seu peito nu, proporcionando o calor e o conforto de que ela precisava. Felizmente, Ndakasi sobreviveu.

No entanto, ela não foi capaz de voltar à selva porque ainda estava lidando com o trauma de perder sua família e estava vulnerável devido ao longo período de reabilitação.

Em 2009, Ndakasi foi transferida para o Centro Senkwekwe – a única instalação no mundo que cuida de gorilas da montanha órfãos – onde ela foi viver uma vida feliz e pacífica com outros gorilas da montanha e zeladores por mais de uma década.

Nos últimos anos, a personalidade reconfortante de Ndakasi começou a brilhar. Ela apareceu em muitos programas de televisão e filmes, incluindo um documentário da Netflix de 2014 chamado “Virunga”, no qual ela conquistou o coração do público com suas risadas enquanto fazia cócegas em seu zelador.

Em 2019, Ndakasi se tornou uma sensação viral quando tirou fotos de uma selfie do guarda florestal Mathiew Shamavu. A foto, que foi tirada no Dia da Terra, mostra Ndakasi e a gorila órfā Ndeze posando com a barriga para fora.

Ndakasi e Ndeze ganharam fama depois de fazer fotobombas na selfie do ranger Mathiew Shamavu em 2019 (Cortesia do Parque Nacional de Virunga )

“Eu a amava como uma criança e sua personalidade alegre trazia um sorriso ao meu rosto toda vez que eu interagia com ela”, disse Andre. “Ela fará falta para todos nós em Virunga, mas somos eternamente gratos pela riqueza que Ndakasi trouxe para nossas vidas durante seu tempo em Senkwekwe”.

Ndakasi, de acordo com o comunicado, encarna o espírito de Virunga, e “sua história de sobrevivência está entrelaçada com a do Parque”.

(Cortesia do Parque Nacional de Virunga )

A população global de gorilas das montanhas estava em perigo crítico quando Ndakasi nasceu. No entanto, ao longo dos anos, a espécie cresceu 47%; de 720 indivíduos em 2007 para uma estimativa de 1.063 em 2021.

Compartilhe suas histórias conosco em  emg.inspired@epochtimes.com e continue a obter sua dose diária de inspiração inscrevendo-se no boletim Epoch Inspired em  TheEpochTimes.com/newsletter

 
Matérias Relacionadas