General norte-americano John Allen vai liderar coligação contra Estado Islâmico

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, anunciou este sábado (13) que o general na reserva John Allen vai coordenar a coligação internacional contra os extremistas do Estado Islâmico (EI).

O general “ajudará a construir e a manter a coligação para que possa operar através de múltiplas linhas” de ação para enfraquecer e destruir o EI, disse John Kerry, citado em comunicado oficial.

O seu “número dois” será o subsecretário adjunto Brett McGurk, que foi assessor e conselheiro de Estado para os assuntos iraquianos.

Ambos iniciam funções “imediatamente”, afirmou o chefe da diplomacia norte-americana em viagem pelo Oriente Médio e pela Europa para angariar apoios internacionais para a formação de uma aliança de combate aos extremistas do EI.

John Allen, com uma destacada carreira militar, desempenhou entre outras funções a de comandante das forças da OTAN no Afeganistão e teve um papel considerado importante durante a guerra no Iraque como subcomandante na província de Anbar.

O general, que passou à reserva em fevereiro de 2013, também delineou um plano de segurança para a Faixa de Gaza durante a tentativa fracassada de John Kerry de alcançar um acordo de paz entre israelenses e palestinos.

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apresentou esta semana num discurso à nação a estratégia militar dos Estados Unidos para “destruir” o EI que prevê, entre outros, o estabelecimento de uma coligação internacional, a qual se espera que ganhe forma a tempo da próxima Assembleia-Geral das Nações Unidas prevista para o final do corrente mês.

iOnline

Editado pelo Epoch Times

 
Matérias Relacionadas