Funcionários da Pfizer foram gravados em vídeo com declarações controversas sobre as vacinas

PFIZER: empregados expõe empresa em vídeos vazados; Terroristas colombianos na Venezuela e possivelmente no Brasil

Por NTD Notícias

Funcionários da Pfizer foram gravados em vídeo com declarações controversas sobre as vacinas da empresa e medidas de controle sanitário. Os vídeos foram publicados ontem pelo Project Veritas, uma ONG americana de jornalismo investigativo. São os mais recentes em uma série de reportagens da organização que já expôs, entre outros, a Johnson & Johnson.

As FARC e o ELN, grupos terroristas colombianos, aterrorizam a América Latina há décadas através da violência e do tráfico de drogas. Agora, o comandante das Forças Armadas da Colômbia afirma que 1.900 guerrilheiros comunistas de seu país estariam operando na Venezuela e sem que o governo de Nicolás Maduro tome providências.

Guerrilheiros colombianos poderiam estar operando também no Brasil. A Polícia Federal está investigando casos de extorsão de garimpeiros na região amazônica e afirma a possibilidade de que divisões das FARC que seguiram ativas após o acordo de paz que a narcoguerrilha firmou em 2016 estejam por trás da situação.

 

 
Matérias Relacionadas