“Foi o Armageddon”: a história arrepiante do motorista de ônibus que salvou 22 crianças das chamas

Um motorista de ônibus de Paradise, no norte da Califórnia, nos EUA, é aclamado como um herói por salvar 22 crianças presas e levá-las para a segurança depois que sua escola foi cercada por chamas.

Quando o incêndio na Califórnia estava fora de controle e ameaçou queimar a Escola Elementar Ponderosa, o motorista de ônibus Kevin McKay, 41 anos, não hesitou em correr para ajudar os estudantes.

Kevin conseguiu pegar o ônibus e resgatar 22 crianças e dois professores, Abbie Davis, do jardim de infância, e Mary Ludwig, da segunda série.

Mas entrar no ônibus não significava que eles estivessem seguros, já que o que se seguiu foi uma odisseia de cinco horas pelo inferno na Terra.

Kevin disse à CNN que parecia uma cena sombria de “O Senhor dos Anéis” e a professora Mary disse que era “muito assustador” e que “parecia o Armageddon”.

Além disso, Kevin disse que o fogo, que não se assemelha a nenhum incêndio florestal típico, “se espalhou em mil lugares ao mesmo tempo, foi inédito”.

“Foi uma loucura e havia chamas à direita e à esquerda em todos os lugares”, lembra Charlotte Merz, aluna da quarta série que estava no ônibus, segundo o relatório da People.

A menina de 10 anos fez todo o possível para manter a calma no meio do caos, imaginei “ir ao meu lugar favorito”.

Foi assustador para todos. Os dois professores deram as mãos e tentaram não chorar, apenas oraram.

Havia fumaça por toda parte, o que era perigoso e prejudicava a visibilidade dos motoristas.

Um carro bateu no ônibus e Kevin testemunhou algumas colisões na estrada. No entanto, em uma luta de vida ou morte, as pessoas estavam mais preocupadas em fugir para um lugar seguro do que com arranhões no carro.

Com incêndios e fumaça em ambos os lados da estrada, as coisas ficaram mais assustadoras quando o ônibus cheio de crianças ficou preso em uma linha de tráfego. Havia inúmeros veículos que também tentaram escapar das chamas.

Como os incêndios intensos ameaçavam todos na estrada, os professores e Kevin consideravam a evacuação do ônibus. Eles acabaram ficando, uma decisão difícil de fazer.

Foi então que a fumaça começou a penetrar no ônibus e as crianças começaram a adormecer e outras tiveram sonolência.

Kevin tirou a camisa e rasgou-a em tiras.

As crianças começaram a sofrer com a inalação de fumaça e Kevin usou a última garrafa de água no ônibus para umedecer as tiras de tecido, que foram distribuídas para todas as crianças para serem usadas como filtro para respirar.

“Isso pareceu ajudar”, disse Kevin.

Kevin continuou a avançar e, horas depois, ele finalmente chegou a um destino seguro, onde as crianças se reuniram com suas famílias.

“Ficamos até que todas as crianças fossem identificadas e entregues a sua mãe ou pai”, disse Kevin, segundo um relatório da CBS News.

Se não fosse por Kevin, não queremos pensar sobre o que teria acontecido com essas crianças e professores. Ele, além de dirigir, também sabia o que fazer para sobreviver. Ele é o homem certo para este trabalho, com certeza.

“Nós tivemos o motorista de ônibus do céu”, foram as palavras de Mary.

Foi uma jornada longa e difícil, mas o principal é que todos saíram ilesos.

Veja o relato abaixo:

Rapaz se recusa a parar de fumar em posto de gasolina

Rapaz se recusa a parar de fumar em posto de gasolina

Rapaz se recusa a parar de fumar em posto de gasolina.Crédito: JukinVideo

Posted by Epoch Times – Sublime on Tuesday, November 13, 2018

 
Matérias Relacionadas