FMI bloqueia acesso do Talibã a cerca de US$ 400 milhões

Por Agência EFE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) bloqueou nesta quarta-feira o acesso do Talibã a cerca de US$ 400 milhões das reservas de emergência da organização.

“Há uma falta de clareza dentro da comunidade internacional em relação ao reconhecimento de um governo no Afeganistão. Como resultado, o país não é elegível para DES (Direito Especial de Saque) ou outros recursos do FMI”, declarou um porta-voz do Fundo em comunicado.
 
Matérias Relacionadas