FAO: US$ 750 bilhões em alimentos desperdiçados no mundo por ano

O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, pediu ideias inovadoras para medir e reduzir os resíduos e alimentos desperdiçados no mundo. Atualmente, cerca de um terço de todos os alimentos produzidos para consumo humano é perdido ou desperdiçado – aproximadamente 1,3 bilhão de toneladas, totalizando 750 bilhões de dólares anuais.

“Se reduzirmos a perda e o desperdício de alimentos para zero, poderemos alimentar 2 bilhões de pessoas a mais”, disse Graziano na segunda-feira (21) durante o Fórum Global para o Crescimento Verde (3GF, na sigla em inglês), em Copenhague, Dinamarca.

A FAO observou que a maior parte das perdas de alimentos acontece nas fases de pós-produção, como colheita, transporte e armazenamento. Nos países em desenvolvimento, o desperdício dos alimentos é relacionado à infraestrutura inadequada, enquanto nos países mais desenvolvidos o problema ocorre durante as fases de comercialização e consumo.

Graziano da Silva afirmou que para reduzir as perdas de alimentos “é preciso investir mais em diversas áreas, especialmente na infraestrutura, como estradas, armazéns e transportes refrigerados para a melhor conservação dos produtos e na melhoraria da informação sobre o mercado. Precisamos acabar com a lacuna entre o conhecimento que temos e o que os agricultores e outros produtores estão realmente fazendo”, disse o diretor-geral pedindo “ideias inovadoras” que evitem que varejistas e famílias joguem comida fora.

Esta matéria foi originalmente publicada pela ONU Brasil

 
Matérias Relacionadas