Fábrica da Jeep em Pernambuco será abastecida por energia solar fotovoltaica

Por EFE

Recife, 20 fev – A fábrica da multinacional automobilística Jeep na cidade de Goiana, em Pernambuco, uma das principais unidades do país, será abastecida por energia solar fotovoltaica, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira pelo governo estadual.

O governo anunciou que a instalação e implantação da fábrica faz parte do acordo para ampliar os investimentos da Sada Transportes, empresa do grupo de mesmo nome e responsável pela logística no Brasil da gigante ítalo-americana Fiat Chrysler Automobiles (FCA), proprietária da marca Jeep.

A Sada Transportes vai investir R$ 110 milhões para dar início à planta de energia solar fotovoltaica e abrir um novo terminal logístico no Polo Automotivo de Goiana, escolhido pela Jeep para construir sua última fábrica em 2015.

Os dois projetos, que vão gerar 300 empregos, fazem parte de uma rede de investimentos da indústria automotiva no norte de Pernambuco, principalmente da FCA, que destinou R$ 1,5 bilhão para a fábrica em Goiana, que vai lançar um novo modelo Jeep para sete ocupantes em 2021.

Os recursos para a fábrica de Goiana, que atualmente produz 250 mil carros por ano dos modelos Renegade e Compass da Jepp, além da picape Fiat Toro, fazem parte de um plano de investimento maior do grupo FCA no Brasil até 2023, no valor de R$ 7,5 bilhões.

“Apesar da crise, conseguimos manter e expandir os investimentos. Hoje, somos uma referência não só para o Brasil, mas também para o mundo, porque temos um setor automotivo que cresce a cada ano, gerando emprego e renda de qualidade”, disse o governador Paulo Câmara.

O presidente do grupo Sada, Vittorio Medioli, declarou que a expansão, além de responder ao crescimento do Polo Automotivo de Goiana, se deve também à preparação do setor para o aumento do número de veículos elétricos. Segundo o executivo, a fábrica proporcionará à FCA mais possibilidades de desenvolvimento nesse segmento.

 
Matérias Relacionadas