Exposição de arte Zhen Shan Ren está em cartaz em Feira de Santana

O trabalho é extraordinariamente comovente, íntimo e inspirador que detalha tanto uma vida espiritual interna quanto uma tragédia externa de direitos humanos

Por Marina Dalila, Epoch Times

A Exposição Internacional de Artes “Verdade Benevolência Tolerância: O Caminho do Despertar” está atualmente em cartaz na Justiça Federal, em Feira de Santana, Bahia, após ter sido exibida no Centro de Cultura da Câmara Municipal, Palácio do Rio Branco, Bahia Shopping Outlet Center e Galeria Pierre Verger em Salvador, Bahia, atraindo visitantes dos mais variados segmentos e idades.

A servidora pública da Justiça Federal em Feira de Santana, Luciana Bezerra de Carvalho, informou que trazer a Exposição Internacional de Arte Zhen-Shan-Ren para a cidade de Feira de Santana-Bahia-Brasil foi uma experiência única em sua vida e seu cultivo. Ela disse que é ” difícil até mesmo de expressar com palavras. Quando falo sobre os quadros para as pessoas que visitam a exposição, a emoção (qing) é difícil de ser controlada. Muitas vezes as palavras me faltam e faço tremendos esforços para não chorar. Preciso silenciar alguns minutos para voltar a falar. A Compaixão transborda do mais profundo do meu ser ao poder presenciar o esclarecimento da Verdade sobre a injusta perseguição aos praticantes do Falun Dafa. Vejo muita beleza em todos os quadros com suas imagens sublimes, seja retratando a dor de forma tão realística, seja representando os benefícios e as bênçãos que o cultivo traz. Confio nos arranjos do mestre Li Hongzhi para que eu possa cumprir bem o meu propósito de esclarecer a Verdade. E agradeço enormemente ao Falun Dafa por esta oportunidade”.

Luciana Bezerra de Carvalho, Servidora Publica Federal na Justiça Federal em Feira de Santana, pratica Falun Dafa há 3 anos (Miguel Campos)
Luciana Bezerra de Carvalho, Servidora Publica Federal na Justiça Federal em Feira de Santana, pratica Falun Dafa há 3 anos (Miguel Campos)

A advogada de 46 anos Maria da Conceição Nascimento Rebouças visitou a exposição e achou a “experiência fantástica ao conhecer uma partícula dos ensinamentos do Falun Dafa. “Consegui captar uma forma única e agradável de aperfeiçoar a saúde mental e corporal, nesse momento senti a presença única da mente junto com o universo e que não estamos sós nessa jornada chamada vida”.

Maria da Conceição Nascimento Rebouças, praticante de Falun Dafa (Miguel Campos)
Maria da Conceição Nascimento Rebouças, advogada (Miguel Campos)

O técnico judiciário L.B.C., de 47 anos, disse que a exposição de arte foi muito “proveitosa e que ressalta a hostilidade do regime chinês em relação aos praticantes do Falun Dafa, mediante a difamação, a proibição e até a perseguição policial, o que causa assombro, pois o movimento se baseia em três princípios salutares à vida humana, não oferecendo mal algum ao Estado e à sociedade, a saber: a verdade, a benevolência e a tolerância”.

A Exposição Internacional de Arte Verdade-Benevolência-Tolerância  é uma exposição extraordinariamente comovente, íntima e inspiradora que detalha tanto uma vida espiritual interna quanto uma tragédia externa de direitos humanos. Pinturas a óleo realistas e aquarelas chinesas de artistas principalmente chineses dão uma visão única da disciplina espiritual do Falun Gong, também chamada de Falun Dafa.

O Falun Gong, uma forma de exercício meditativo originário da China, baseia-se nos princípios da Verdade, Compaixão e Tolerância. Parte da exposição é dedicada a mostrar como a prática do Falun Gong mudou a vida das pessoas, proporcionando-lhes um retorno aos valores tradicionais chineses.

Em 20 de julho de 1999, o Falun Gong foi proibido na China, e desde essa data muitos milhares de praticantes foram torturados em um esforço para “transformá-los”. Parte da exposição lida com as terríveis provações que as pessoas — incluindo os próprios artistas — passaram.

O evento estará na Justiça Federal na Rua Turquia, s/n térreo, Feira de Santana, Bahia, até o dia 20 de junho, com entrada gratuita, de segunda à sexta de 9hs às 12hs e de 14hs às 18hs conforme divulgação abaixo:

Miguel Campos
(Miguel Campos)
 
Matérias Relacionadas