Expectativa da Conmebol é ter Bolsonaro no Maracanã na final da Copa América

"No que diz respeito ao presidente, assim como outras autoridades e dirigentes, eles vão ao campo, isso é normal no pré-jogo, no intervalo, como aconteceu no caso do Mineirão"

Por Agência EFE

A presença do presidente Jair Bolsonaro neste domingo na final da Copa América, no Maracanã, é esperada pelos dirigentes da Conmebol, embora não tenha sido anunciada oficialmente.

“A presença dele aqui no gramado ainda não tem nada programado. A expectativa é de que ele venha ao estádio, para, sim, acompanhar a partida”, disse o gerente de competições do Comitê Organizador Local da Copa América, Thiago Januzzi, durante entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira no Maracanã.

Januzzi foi questionado sobre a visibilidade que o presidente obteve na terça-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte, na partida em que o Brasil venceu a Argentina por 2 a 0.

Ao final do primeiro tempo, Bolsonaro e parte de sua numerosa comitiva desceram do camarote e fizeram uma “meia volta olímpica” ao lado do gramado, criando incômodo aos integrantes da seleção argentina, segundo veículos de imprensa do país vizinho.

“No que diz respeito ao presidente, assim como outras autoridades e dirigentes, eles vão ao campo, isso é normal no pré-jogo, no intervalo, como aconteceu no caso do Mineirão”, disse Januzzi ao tentar minimizar a polêmica.

 
Matérias Relacionadas