Exército vai combater traficantes de drogas no Rio

O ministro da Defesa do Brasil disse ontem (27) que o exército terá uma posição mais agressiva na luta contra as drogas no Rio de Janeiro.

Raul Jungmann declarou, em entrevista à imprensa, que as tropas não farão só patrulhas, ocuparão pontos estratégicos e ajudarão a reaver armas automáticas. As tropas serão usadas em operações da polícia no combate aos traficantes de armas, declarou.

A cidade do Rio, onde se realizaram os Jogos Olímpicos de 2016, apresentou um aumento da violência no ano passado, com maior incidência nas favelas, em grande parte controladas por traficantes.

O ministro acrescentou que o número dessas favelas controladas seria de 800. No entanto, ele não deu maiores detalhes sobre o alvo dos destacamentos.

Com os cofres vazios, a cidade vive uma crise sem precedentes com atraso no pagamento de policiais.

Leia também:
Ex-presidente do BB e da Petrobrás é preso pela Lava Jato
Projeto de Lei criminaliza apologia ao comunismo em todo o país
Poupança pode render mais que fundos com Selic de volta a um dígito

 
Matérias Relacionadas