EUA: Serviço Secreto detém motorista de carro da imprensa após arma ser descoberta

Antes do incidente, o presidente Trump esteve fora da vista da mídia por quase 60 horas

Por Jasper Fakkert, Epoch Times

O Serviço Secreto dos Estados Unidos deteve um motorista contratado de uma das vans que transportavam a imprensa, depois que uma arma foi encontrada em sua bolsa, fora do resort de Mar-a-Lago em Palm Beach, Flórida, onde o presidente norte-americano Donald Trump estava hospedado.

O motorista, bem como dois outros condutores contratados, foram imediatamente substituídos após o incidente. As vans que transportam repórteres da imprensa são normalmente parte da carreata oficial, dando-lhes acesso particularmente privilegiado ao presidente.

De acordo com os repórteres na cena, o incidente ocorreu cerca de uma hora antes da carreata do presidente deixar o resort de Mar-a-Lago em direção ao Trump International Golf Club às 8h55 da manhã na segunda-feira, 19 de fevereiro.

Antes da ocorrência deste incidente, o presidente esteve fora da vista da imprensa por quase 60 horas.

O resort de Mar-a-Lago em Palm Beach, na Flórida, em 11 de janeiro de 2018 (Joe Raedle/Getty Images)
O resort de Mar-a-Lago em Palm Beach, na Flórida, em 11 de janeiro de 2018 (Joe Raedle/Getty Images)

Embora não seja incomum para o grupo da imprensa que viaja com Trump não vê-lo por cerca de metade do dia, é muito incomum passar vários dias sem sequer ter um vislumbre dele.

Os repórteres que o acompanham viram o presidente pela última vez na noite de sexta-feira, 16 de fevereiro, às 8h15 da madrugada, durante uma reunião que ele teve com agentes da lei.

O presidente foi avistado novamente por um repórter do Palm Beach Post, George Bennett, às 11h da manhã da segunda-feira, horas depois que a arma foi encontrada pelo Serviço Secreto.

Embora não esteja claro se os dois eventos estão relacionados, a ausência do presidente da vista pública levanta a questão se o Serviço Secreto e outras agências de inteligência encarregadas de manter o presidente Trump seguro receberam comunicações envolvendo uma ameaça potencial para ele em relação ao motorista do veículo da imprensa e se ele foi mantido fora da vista da mídia por esse motivo.

 
Matérias Relacionadas