EUA impõem sanções contra principais líderes do Hezbollah: Nasrallah e Qassem

Medidas foram impostas em conjunto por Washington e seus aliados do Centro Contra o Financiamento Terrorista

Por Agência Reuters

Os Estados Unidos e seus aliados do Golfo Pérsico impuseram na quarta-feira (16) mais sanções aos líderes do grupo terrorista libanês Hezbollah, com medidas contra seus dois principais líderes: Sayyed Hassan Nasrallah e Naim Qassem.

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos disse que sancionou outras quatro pessoas, assim como o grupo autointitulado Estado Islâmico no Grande Saara. Esta é a terceira rodada de sanções anunciadas por Washington desde que os Estados Unidos abandonaram o acordo nuclear com o Irã na semana passada.

As sanções de quarta-feira têm como alvo membros do corpo principal de tomada de decisões do Hezbollah, afirmou o Tesouro em um comunicado.

“Ao apontar contra o Conselho Shura do Hezbollah, nossas nações rejeitaram coletivamente a falsa distinção entre uma autodenominada ‘ala política’ e os planos terroristas do Hezbollah em nível mundial”, disse o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

As medidas foram impostas em conjunto por Washington e seus aliados do Centro Contra o Financiamento Terrorista (TFTC, na sigla em inglês), que inclui Arábia Saudita, Bahrein, Kuwait, Omã, Qatar e Emirados Árabes Unidos, disse ele.

Vários dos indicados pelo TFTC já haviam sido anteriormente incluídos em uma lista negra pelos Estados Unidos.

 
Matérias Relacionadas