EUA: Comitê Nacional Democrata recusa cumprir intimação relacionada ao dossiê, então BuzzFeed processa

Por Chuck Ross, The Daily Caller

O BuzzFeed News processou o Comitê Nacional Democrata (DNC) na terça-feira, 13 de fevereiro, para forçar a liberação de informações que o portal de notícias espera que o ajude a se defender contra um processo relacionado ao dossiê de Steele.

O BuzzFeed está buscando informações digitais que possam lançar luz sobre os ciberataques contra o DNC durante a campanha presidencial de 2016 nos Estados Unidos.

O website de notícias enfrenta três processos distintos relacionados à publicação do dossiê que foi escrito pelo ex-espião britânico Christopher Steele e encomendado e pago pela campanha presidencial de Hillary Clinton e pelo DNC.

O processo contra o DNC busca informações que poderiam ajudar o BuzzFeed a se defender num processo de difamação iniciado por Aleksej Gubarev, um executivo de tecnologia russo acusado no dossiê de usar suas empresas de hospedagem na internet para invadir os sistemas informáticos da DNC.

Gubarev nega as alegações e argumentou que o BuzzFeed falhou em verificar o dossiê antes de publicar sua reportagem em janeiro de 2017. Steele, um ex-oficial do MI6 (a inteligência militar britânica), reconheceu num tribunal de Londres, onde ele está sendo processado por Gubarev, que a informação sobre o executivo de tecnologia não foi verificada.

“Como parte do processo de descoberta, o BuzzFeed está tentando verificar as reivindicações no dossiê que se relacionam com o hacking do DNC”, disse o porta-voz do BuzzFeed, Matt Mittenhal, num comunicado. “Pedimos a um tribunal federal que force o DNC a cumprir a lei e permitir que o BuzzFeed defenda plenamente seus direitos da Primeira Emenda.”

O BuzzFeed deu entrada no processo depois que o DNC se recusou a cumprir uma intimação que o website emitiu em novembro. Os advogados do DNC expressaram preocupação de que o cumprimento da intimação colocaria em risco a informação dos doadores e os dados dos eleitores.

“Se esses documentos forem divulgados, as operações internas do DNC, bem como a sua capacidade de alcançar efetivamente seus objetivos políticos, serão prejudicadas”, disseram os advogados do DNC no mês passado em resposta à intimação do BuzzFeed.

O BuzzFeed diz que só quer informações sobre os “rastros digitais deixados pelos agentes estatais russos” que violaram os sistemas do DNC.

O BuzzFeed também busca uma versão completa de um relatório compilado pela CrowdStrike, uma empresa de cibersegurança que o DNC contratou para investigar a violação de suas redes informáticas.

O processo segue a revelação na segunda-feira de que o BuzzFeed contratou Anthony Ferranto, um ex-agente do FBI e ex-funcionário do Conselho de Segurança Nacional, para realizar uma investigação que ajude a verificar o dossiê. Ferranto, que deixou a Casa Branca em abril passado para trabalhar na FTI Consulting, vem realizando entrevistas e coletando documentos na busca de provas de que Gubarev estava por trás da violação do DNC.

 
Matérias Relacionadas