Estudante de odontologia compartilha sua história de ter sido criado por um pai com Síndrome de Down

Filho atribui suas realizações ao amor, cuidado e incentivo que recebeu de seu pai enquanto crescia

Por Lori C. Summers 

Um jovem sírio compartilhou sua experiência de ser criado por um pai biológico com síndrome de Down. Agora estudante de odontologia, o jovem afirma que, apesar da condição, seu pai o transformou no homem que é hoje. Sua história comovente é verdadeiramente digna de admiração.

Sader Issa apareceu em um vídeo comovente da Sociedade Síria para o Desenvolvimento Social, no qual descreve seu pai, Jad, como um “pai, marido e líder de família”. Ele explica que, embora a situação possa ser difícil para os outros entenderem, ser criado por alguém com síndrome de Down deu a ele “todo o amor e ternura que alguém pode oferecer”. O vídeo, postado em março de 2019, se tornou viral com quase 200.000 visualizações.

De acordo com Issa, se tivesse escolha, não mudaria nada, e atribui suas realizações ao amor, cuidado e incentivo que recebeu de seu pai enquanto crescia. O jovem seguiu a carreira de odontologia e agora é estudante do terceiro ano. “Ao longo da minha vida, ele foi o maior apoio para mim quando precisei”, declarou ele.

Foto cortesia de Sader Issa.
Foto cortesia de Sader Issa.

Apesar de viver com síndrome de Down, Jad trabalhou na fábrica local e sustentou sua família por mais de 20 anos. Orgulhoso do sucesso do filho, toda vez que conhece novas pessoas, o homem afirma: “Meu filho é médico”. E de acordo com Issa, os olhos do pai “estão cheios de alegria e satisfação como se expressassem: ‘Sim, eu tenho síndrome de Down, mas criei esse homem e fiz o possível para que ele se tornasse médico e ajudasse os outros’”.

Ainda juntos após mais de duas décadas, o jovem descreve carinhosamente seus pais como “tendo uma vida cheia de amor, simplicidade e humildade em todos os aspectos”.

Foto cortesia de Sader Issa.
Foto cortesia de Sader Issa.

Uma vez que o vídeo original se tornou viral, Issa afirmou que muitas pessoas lhe enviaram e-mails perguntando sobre o relacionamento de seus pais, onde apenas seu pai tem síndrome de Down, enquanto sua esposa não. “Acredito que se os dois parceiros estão na mesma página, por que não se casam? Eles são intelectualmente adequados um para o outro; pessoas muito simples, mas amorosas e atenciosas”, explicou em entrevista ao Metro UK em outubro de 2019.

De acordo com a Associação da Síndrome de Down, a fertilidade das pessoas com síndrome de Down é geralmente menor que a do resto da população. E se um dos pais tiver a síndrome, as chances de a criança desenvolvê-la são de 35 a 50%.

“Quando as pessoas pesquisam no Google, descobrem que homens com síndrome de Down (SD) são inférteis, então ficam confusos quando ouvem falar de nós”, relatou Issa, de acordo com o Metro UK. “Conheço mais seis casos de pais com SD, e os estudos que mostram a fertilidade de homens com SD são muito poucos, então não podemos dizer que esses homens são férteis tão facilmente”.

Issa compartilha regularmente atualizações sobre sua incrível família em seu Instagram. O jovem afirmou ao Metro que desde que sua história se tornou viral, muitas pessoas o agradeceram por se abrir. “Agradecemos muito as centenas de pais que me procuraram e me relataram que lhes demos esperança de um futuro melhor para seus filhos”. 

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas