Especialista dá dicas saudáveis para estações frias

Na China, tradicionalmente acreditava-se que nossos corpos são pequenos mundos que contêm todos os elementos e energias encontrados no mundo ao nosso redor e estão completamente interconectados com nosso ambiente.

De acordo com a medicina tradicional chinesa (MTC), as diferentes partes do nosso corpo, assim como a terra ao nosso redor, são feitas das energias dos cinco elementos—metal, madeira, água, fogo e terra.

Cada sistema de órgão é conectado a elementos específicos assim como a certas emoções, a cores, sabores e outras características energéticas. As quatro estações e as horas do dia também correspondem a elementos diferentes.

Por isso, nossos corpos precisam mudar conforme nossos ambientes mudam. Para manter harmonia em nossas vidas, precisamos de coisas diferentes quando o sol nasce e quando se põe, e coisas diferentes durante o inverno, primavera, verão e outono.

A maioria de nós já vivenciou caminhar ao ar livre durante a transição de uma estação para a próxima. Nós cheiramos a diferença; nós sentimos a diferença.

No outono, conforme os dias se encurtam e o clima esfria, somos lembrados que o inverno está do outro lado da esquina e devemos nos preparar para ele. Tradicionalmente, estaríamos estocando combustível e comida, desempacotando nossas roupas de inverno e nos preparando para o período de imobilidade do inverno.

Você pode ter notado sentir um pouco de tristeza nesses dias, o luto pelo fim da diversão de verão. Pode ter notado seu cabelo e pele um pouco secos, assim como as folhas e plantas que também estão menos lustrosas conforme elas transitam para a secura do outono. Pode ter se sentido mais vulnerável a se resfriar conforme sente os ventos do outono crescentemente espiralando e resfriando o ar do verão.

Se você sai para caminhar de shorts e camiseta no começo do outono, irrompe uma transpiração que abre seus poros e não se cobre logo, o “vento de outono” pode facilmente entrar no seu sistema, tornando-o mais vulnerável a resfriados e arrepios.

Para se proteger de doenças durante essa estação, é hora de começar a preparar seu corpo para os meses mais frios adiante.

Comida de outono

A maneira mais fácil e prática de prevenir resfriados, depressão e questões do cólon, tais como constipação, durante a transição para o outono é comer as comidas que são regionais e da estação.

A terra, na sua sabedoria misteriosa, produz alimentos que nos aquecem durante os meses frios, assim como produz alimentos que nos resfriam durante os meses quentes.

Nos alinharmos com os cinco elementos significa conectar nossas escolhas aos elementos que comandam a estação. O outono é governado pelo elemento metal, o qual, quando em equilíbrio, nos permite sermos mais organizados, focados e produtivos.

Contudo, como cozinhamos e o que comemos deve nos dar a energia para prosperarmos nas estações mais frias.

Outono é uma época na qual queremos gradualmente nos afastar do que é cru, de comidas refrescantes como vitaminas, saladas, picolés e melancia e nos aproximar de sopas que aquecem. Já que ainda não é inverno, você pode continuar balanceando suas refeições com alimentos que são leves e redutores de muco, como cogumelos shitake e champignon, rabanete branco ou vermelho, repolho chinês e repolho.

Pratos cozidos levemente como o Congee (sopa de arroz asiática) com alguns vegetais picados, sopa de missô e sopas de feijão como as de grão-de-bico ou de feijão-azuqui com abobrinha são ótimas escolhas de refeições de outono. A escolha preferida para carne é a do porco, à qual, sendo uma carne branca, está relacionada ao elemento metal.

Também ajudará incluir alimentos que são de sabor azedo porque isso nos ajuda energeticamente a endireitar nossos pensamentos e nos aterra. Algumas sugestões são chucrute, picles, olivas, limões e limas, vinagre, ameixas, toranja e até iogurte azedo e massa de pão azedo (se você pode com glúten e laticínio).

Limpeza emocional

Outono está relacionado à mágoa. Se nos entristecemos muito, podemos comprimir nossos pulmões e cólon. Devemos nos permitir processar a mágoa e deixá-la ir. Podemos liberar nossas emoções conforme respiramos quando exalamos completamente.

Eleve seu humor exercitando-se mais, respire profundamente todos os dias e em diferentes momentos ao longo do dia, e passe momentos de qualidade com amigos ou em atividades que o tirem das emoções mais tristes e o levem à alegria.

Secura

Assim como as folhas nas árvores começam a secar e escurecer, nossa pele e corpo também. Se você notou que tem mais sede ultimamente ou tem pele e cabelo secos, pode ser uma reação a mudança de estação; contudo, se a secura e a sede são severos e persistem, pode haver algo fora de equilíbrio na sua dieta, exercícios ou saúde interna.

Alimentos que criam mais umidade no corpo são tofu, tempeh, espinafre, cevada, milhete, ostras, caranguejos, mexilhão, arenque, porco, pesto feito com pinhão, ovos, manteiga de amêndoa e alga marinha. Evite alimentos que são muito amargos ou aromáticos.

Atividade

Para um cólon saudável e pulmões fortes, é importante que você permaneça ativo e coma fibra suficiente. Evite calor excessivo, comer alimentos processados e fumar.

Assegure-se de se manter aquecido ao exercitar-se ao ar livre. Você não quer “pegar vento” como os anciãos costumavam dizer, referindo-se ao fato de que quando você sua, seus poros se abrem e se tornam portões para patógenos entrarem no corpo, especialmente durante os meses mais frios e com mais ventos do outono. Para evitar a gripe e resfriados anuais, vista-se apropriadamente.

Tysan Lerner é health coach certificada e personal trainer. Ela ajuda mulheres a alcançarem suas metas de beleza e de corpo saudável sem passarem fome ou horas na academia. Seu website é lavendermamas.com

 
Matérias Relacionadas