Enes Kanter Freedom é nomeado para o Prêmio Nobel da Paz de 2022

Freedom tem sido franco sobre as questões dos direitos humanos na China, os quais são persistentemente censurados

Por Frank Yue 

O agente livre da NBA Enes Kanter Freedom, um dos defensores dos direitos humanos que se manifestou para conscientizar o tratamento da China comunista à comunidade uigur, Tibete, Taiwan e Hong Kong, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz de 2022.

A indicação, que segundo o The Atlantic informou na semana passada, foi realizada por um membro do Parlamento norueguês e ganhou o apoio de 30 ganhadores do Prêmio Nobel, além de simpatizantes nas mídias sociais.

“Estou honrado e honrado por receber a indicação ao Prêmio Nobel da Paz”, escreveu Freedom no Twitter. “Às vezes, tomar uma posição é mais importante do que seu próximo salário”.

A maioria das mensagens deixadas abaixo de sua postagem são de congratulações, descrevendo sua indicação como “merecida”.

O senador Rick Scott (republicano da Flórida) escreveu no Twitter, no dia 17 de fevereiro: “Enes é um lutador destemido pelos direitos humanos e à liberdade para todos e eu não poderia estar mais orgulhoso de vê-lo receber uma indicação ao Prêmio Nobel”.

Enes Kanter Freedom reage durante uma coletiva de imprensa ao ser apresentado como membro do Boston Celtics no Auerbach Center na sede mundial da New Balance, em Boston, no dia 17 de julho de 2019 (Tim Bradbury/Getty Images)
Enes Kanter Freedom reage durante uma coletiva de imprensa ao ser apresentado como membro do Boston Celtics no Auerbach Center na sede mundial da New Balance, em Boston, no dia 17 de julho de 2019 (Tim Bradbury/Getty Images)

No dia 16 de fevereiro, o deputado David Valadao (republicano da Califórnia) afirmou estar orgulhoso de apoiar os esforços de Freedom para “conscientizar sobre as violações dos direitos humanos em todo o mundo”.

Freedom tem sido franco sobre as questões dos direitos humanos na China, os quais são persistentemente censurados. Ele também pediu aos atletas que boicotem os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022, que Pequim vem usando como uma poderosa ferramenta de propaganda para melhorar sua imagem internacional.

“O governo chinês não representa os valores olímpicos centrais de excelência, respeito e amizade”, declarou ele durante uma entrevista coletiva organizada por Scott em janeiro, citando a ampla repressão do regime em Xinjiang, Hong Kong e Tibete; sua intimidação de Taiwan; e sua repressão dentro da própria China. “Eles são uma ditadura brutal”.

Yao Ming, ex-jogador de basquete da NBA que agora preside a Associação Chinesa de Basquete, afiliada ao estado, convidou Freedom a visitar a China para desenvolver um “entendimento mais abrangente” de Pequim, no dia 18 de janeiro.

No dia seguinte, Freedom respondeu no Twitter perguntando: “Você se juntará a mim para visitar os Campos de Trabalho Escravo Uigur, Tibete, Hong Kong e Taiwan? …  Conte-me se Xi aprovar!”

Em 10 de fevereiro, Freedom foi negociado com o Houston Rockets. No entanto, quatro dias depois, os Rockets o dispensaram.

“Isso é ultrajante”, escreveu Bill Browder, chefe da campanha Global Magnitsky Justice, no Twitter no dia 13 de fevereiro. “Enes Kanter Freedom, o único jogador da NBA corajoso o suficiente para se manifestar contra as atrocidades de direitos humanos da China, é negociado do Celtics para o Rockets e imediatamente dispensado (ou seja, demitido). Um precedente desastroso”.

Freedom, que foi criado na Turquia, mudou seu nome para Enes Kanter Freedom em 29 de novembro de 2021, dia em que completou sua cerimônia de juramento de cidadania.

Ao contrário da crença comum, não há uma lista pública dos indicados do ano atual. Embora alguns nomes de destaque tenham vazado ocasionalmente, a lista de indicados elegíveis para os prêmios de cada ano não é divulgada nos 50 anos posteriores – uma restrição que é regida pelos estatutos do Nobel, de acordo com o NobelPrize.org.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas