‘Emocionante’ expectativa para evitar a pressão alta

De acordo com uma nova pesquisa, agora é possível evitar que milhares de jovens desenvolvam pressão alta ao longo da vida.

Usando um scanner inovador e testes genéticos, os cientistas são agora capazes de detectar minúsculos nódulos nunca vistos nas glândulas suprarrenais, que podem levar à hipertensão ou pressão arterial elevada.

Morris Brown, chefe da pesquisa, falou com pacientes na faixa dos 30 anos sobre os benefícios substanciais da cirurgia para a remoção da glândula adrenal afetada.

“Eles vão evitar a ingestão de remédios desnecessários pela vida inteira”, disse Brown, que é professor de farmacologia clínica da Universidade de Cambridge. “Quando chegarem à idade em que ataques cardíacos e derrames se tornarem comuns, eles estarão substancialmente abaixo do risco, na verdade terão um risco menor que qualquer outra pessoa na população”.

Os tumores benignos causam um aumento do hormônio aldosterona nas glândulas suprarrenais, conduzindo à retenção de sal nos rins, e aumentando assim a pressão sanguínea.

Os pesquisadores descobriram que os pacientes com esses pequenos crescimentos têm um risco cinco vezes maior de ter ataques cardíacos e derrames em comparação com outras pessoas com pressão arterial elevada.

Pesquisas anteriores sobre crescimentos maiores de tumores, detectadas com exames tradicionais, estimaram que meio milhão de pessoas possuem risco de hipertensão.

“Achamos que a nossa pesquisa vai atingir uma camada totalmente nova (de tumores), muito menor do que o tipo classicamente reconhecido e, no geral, podemos encontrar outro meio milhão de pessoas afetadas (pelos tumores)”, disse Brown.
 
Ele espera que os médicos agora se concentrem em atingir entre 5 mil a 10 mil novos casos de jovens com tumores por ano.

A equipe de Cambridge desenvolveu um exame modificado que permite um diagnóstico rápido de nódulos menores.

O professor Jeremy Pearson, diretor médico associado da British Heart Foundation, que financiou parte do estudo, disse: “É um desenvolvimento interessante, pois este grupo de pacientes pode ser completamente curado da pressão arterial elevada uma vez que (os pequenos tumores) forem identificados, então quanto mais rápido forem diagnosticados, melhor”.

Dados do governo mostram que a hipertensão afeta de 10 a15 milhões de pessoas no Reino Unido, mas cerca de 30% das pessoas não sabem que têm a doença.

Quando a pressão arterial fica constantemente acima do nível recomendado de 130/80mmHg, é considerada alta.

 
Matérias Relacionadas