Em São Francisco, overdose de drogas custaram o dobro de vidas da COVID-19

Por Ivan Pentchoukov

As mortes por overdose de drogas acidentais em San Francisco em 2020 foram mais que o dobro que as mortes causadas pelo vírus do  PCC (Partido Comunista Chinês ), de acordo com dados preliminares divulgados pelo chefe de medicina forense da cidade.

Um total de 713 pessoas morreram de overdose de drogas na cidade durante 2020, em comparação com 255 que morreram do vírus do PCC, comumente conhecido como coronavírus .

Nacionalmente, o maior aumento no número de mortes por overdose ocorreu em março e maio de 2020 e coincidiu com bloqueios pelo vírus do PCC , de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças ( CDC ).

“Os aumentos nas mortes por overdose de drogas parecem ter se acelerado durante a pandemia COVID-19 “, disse o CDC em um comunicado.

As mortes por overdose aumentaram constantemente antes do fechamento. Durante o período de 12 meses encerrado em maio do ano passado, 81.230 pessoas morreram de overdose de drogas, o maior total em um período de 12 meses já registrado. Os homens foram responsáveis ​​pela grande maioria das mortes, com 81 por cento. 27 por cento das vítimas não tinham endereço fixo.

As linhas de tendência se inverteram em 2021, com mais pessoas morrendo do vírus do PCC (261) entre janeiro e março do que por overdose de drogas (203). A reversão coincidiu com a reabertura gradativa da cidade, iniciada no dia 21 de janeiro. No entanto, eles ainda não são capazes de operar vários negócios, incluindo playgrounds internos e casas noturnas.

Ao longo de 2020, o fentanil foi associado a mais mortes por overdose do que qualquer outra droga. A China tem sido a principal fonte de fentanil e inundou os Estados Unidos com a droga nos últimos anos. O Partido Comunista Chinês subsidia produtores de fentanil, de acordo com Ben Westhoff , um jornalista investigativo que se infiltrou em duas operações de fentanil na China.

“O que descobri foi que essas empresas, que fazem o fentanil e outras drogas perigosas, são subsidiadas pelo governo. Assim, eles trabalham em parques de escritórios suburbanos e, por exemplo, nos custos de construção, pesquisa e desenvolvimento, em zonas de desenvolvimento, eles obtêm incentivos fiscais para o que exportam ”, disse Westhoff ao Illegal Tender , um podcast do Yahoo.

Siga Ivan no Twitter: @ivanpentchoukov

Siga Ivan no Parler: @IvanPentchoukov

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas