Em nome do Partido Comunista: 7 citações insanas de oficiais chineses

Protegidos pelo sistema político onipotente de um só partido, os oficiais do Partido Comunista Chinês são notórios por usar o seu poder para cometer todo tipo de injustiças. As seguintes citações, compiladas por internautas chineses, refletem a atitude dos oficiais perante as pessoas que eles supostamente deveriam servir.

#7 — ‘Quando você me ameaça você está ameaçando o Partido’

Um casal chinês da província de Sichuan, sudeste da China, investiu 700 mil yuan na construção de uma central de reciclagem de resíduos de rocha. No ano passado, eles encontraram-se com o oficial do distrito Luo Song para discutir problemas relacionados com o funcionamento da central, e Luo disse: “Quando você me ameaça, você está ameaçando o Partido”.

As suas palavras foram registradas em vídeo e ele foi suspenso do seu posto e colocado sob investigação no dia seguinte, reportou o mídia estatal Xinhua.

#6 — ‘Você sabe o que é um crime? Um crime é opor-se ao governo’

Em 2010, Wang Yinfeng, secretário distrital do município de Chongqing, estava descontente com a construção em curso de um projeto perto de um escritório governamental, e exigiu que os trabalhos fossem suspensos, apesar de não existir base legal para fazê-lo.

Citando os princípios do feng shui, uma antiga filosofia chinesa usada para organizar de forma harmoniosa a disposição de plantas, edifícios e outros objetos, Wang iniciou uma partida de gritos com o construtor, reportou o jornal estatal People’s Daily.

Em declarações ao jornal estatal, Wang pareceu dar continuidade ao estado de espírito anterior: “Sabem o que é um crime? Um crime é oposição ao governo”, disse.

Leia também:
Oficiais chineses dão show de insanidade após serem investigados por corrupção
O Partido Comunista Chinês está preocupado: seus oficiais estão se tornando religiosos
Corrupção: um meio de fazer negócios na China

#5 — ‘Se a polícia não bater nas pessoas, qual é o objetivo de haver polícia?’

Na China, as autoridades frequentemente juntam-se com promotores imobiliários para intimidar aqueles que são prejudicados pelos projetos de construção.

Há dois anos, o dono de um pequeno negócio em Suzhou estava indo visitar o gabinete municipal local com cartas e chamadas para apresentar queixa acerca de um construtor sem escrúpulos. No gabinete do estado, foi lhe dito: “Se a polícia não bater nas pessoas, então para que serve a polícia?”

#4 — ‘Eu sou do tribunal … Eu irei gastar um milhão de yuan para o mandar matar’

Um famoso conflito relacionado com um projeto de construção ocorreu em 2008 e envolveu um confronto entre um oficial que trabalhava no tribunal popular de Fuzhou e um capataz de construção. Lu Tao, o oficial, foi ao local de construção durante as horas de trabalho e agrediu Zhan Jianwen, o capataz. Zhan foi hospitalizado depois da agressão.

Zhan recorda que enquanto Lu lhe batia, ele gritou: “Eu sou do tribunal. Eu sou um semideus que representa a nação. Eu irei gastar um milhão de yuan para o mandar matar.”

#3 — ‘Você atreve-se a me expor na Xinhua, então eu irei fechar a Xinhua’

Em junho de 2009, quando um repórter da Xinhua tentou entrevistar o diretor do gabinete da cultura em Jinan sobre uma acusação de assédio por parte desse oficial a uma professora, o diretor repreendeu-o gritando: “A Xinhua Net é uma unidade cultural, e eu estou encarregado da cultura. Você atreve-se a expor-me na Xinhua, então eu irei fechar a Xinhua.”

#2 — ‘Se for violada, irá processar o indivíduo só depois de dar à luz o filho dele?’

Desde março de 2014, a mansão construída por Wei Bingke, rico dono de uma mina de carvão, obstruiu uma estrada de aldeia que dava acesso a várias casas vizinhas na Província de Guangxi, reportou o portal de notícias chinês Sina. O Ministério Local de Terra e Recursos do Condado de Duoan afirmou que Wei havia falhado em submeter uma licença para a construção, e solicitou que ele restaurasse o acesso normal à estrada.

Quando uma mulher local de sobrenome Huang encontrou-se com Wei Junchang, o diretor do Ministério, ele culpou-a por não ter alertado as autoridades mais cedo, dizendo: “Quando você é violada, irá processar o indivíduo só depois de dar à luz o filho dele?”

#1 — ‘A exigência das pessoas por igualdade só demonstra que elas simplesmente não têm vergonha’

Guo Dongpo era o diretor do gabinete ambiental urbano na província de Jilin, a nordeste da China. Ele ficou enfurecido quando recebeu a notícia de que alguns de seus subordinados estavam descontentes com a enorme desigualdade de remuneração no gabinete, e que eles haviam feito queixa contra ele à agência disciplinar do Partido Comunista Chinês.

“Os oficiais do Partido Comunista devem ter o direito de andar a cavalo ou de serem transportados numa liteira chinesa”, disse Guo, referindo-se ao seu bônus luxuoso durante a reunião de feriado de ano novo em 2011. “A exigência das pessoas por igualdade só demonstra que elas simplesmente não têm vergonha”.

O bônus de Guo foi três vezes maior do que o bônus médio de um trabalhador do gabinete, reportou a Xinhua.

 
Matérias Relacionadas