Em Campinas, vaga de emprego exige imunização com vacina da Pfizer

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

Em Campinas, interior de São Paulo, um anúncio de emprego chamou a atenção ao exigir como requisito ser vacinado contra a Covid-19 com a vacina da Pfizer. O Ministério Público do Trabalho disse que recebeu uma denúncia sobre o caso na terça-feira (22) e que vai apurar o caso.

Segundo o o G1, a empresa oferecia a vaga de trabalho para governanta em uma residência através de um site de emprego. Após a repercussão, o site removeu o anúncio e bloqueou o usuário de Campinas que postou a vaga.

O jornalista Max Cardoso, durante o Boletim da Manhã de quinta-feira (24), lamentou o fato de haver classificação de pessoas, alertando ainda que tal medida autoritária possivelmente “não vai parar por aí”.

“Se você aceita um absurdo no início, ele vai só piorando, é isso que estamos falando desde março do ano passado: se vocês aceitarem coisas absurdas, eles não irão parar. Se a população aceitar esse tipo de coisa, não tem mais volta, viveremos assim. E daqui a pouco não será mais só a vacina, vão inventar outras coisas também”, acrescentou o jornalista.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas